Com colheita atrasada e ainda no início, Unaí/MG deve ter queda de 15/18% na produtividade da soja

Publicado em 15/02/2019 11:07 e atualizado em 15/02/2019 12:50
554 exibições
Chuvas de fevereiro atrapalharam trabalhos de colheita da soja que atinge apenas 8% do total da área. Produtividade deve ficar em 55/60 sacas por hectare que mantêm contas no azul. Expectativas para produtividade da safrinha de milho está boa com previsões de chuvas para março.
José Mario Kazmirczak - Diretor Executivo da Coagril

Podcast

Entrevista com José Mario Kazmirczak - Diretor Executivo da Coagril sobre o Acompanhamento Safra de Soja e Milho

Download

LOGO nalogo

A colheita da soja avançou em apenas 8% do total da área cultivada no município de Unaí em Minas Gerais. As chuvas de fevereiro atrasaram as colheitas da região e os produtores agora correm para realizar os trabalhos junto à Cooperativa Agrícola de Unaí (Coagril).

“O pessoal está preocupado com o plantio da safrinha, temos uma janela para cumprir e todo mundo colocou as máquinas para colher. Houve uma forte pressão de colheita nesses dias e inclusive com bastante fila na cooperativa com bastante demanda por secagem. Estamos com 4 ou 5 dias sem chuvas e a colheita agora está avançando bem”, conta José Mario Kazmirczak, diretor executivo da Coagril.

Até o momento, a expectativa dos produtores é de que a queda na produtividade média seja de 15 a 18% na região com relação à safra passada, atingindo a marca de 55/60 sacas por hectare. “Tivemos um primeiro problema que foi o excesso de chuva e falta de luminosidade que prejudicou o desenvolvimento das raízes. Em dezembro tivemos um veranico de 20 dias e em janeiro houve praticamente 27 dias de veranico acompanhado de temperaturas muito altas”, diz Kazmirczak.

Já para o milho safrinha, as perspectivas dos produtores são boas nessa cultura que avançou nos últimos 5 anos. Os plantios devem seguir durante o mês de fevereiro e as previsões de boas chuvas para março deixam a expectativa de produtividade dentro da média histórica da região.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • elcio sakai vianópolis - GO

    Nossa parabéns aos produtores de Unai-MG, quebra de 15 a 18% e colhendo de 55 a 60 sc/há, soja precoce abaixo de 105 dias, com antecipação de ciclo, com dois veranicos (Dezembro e Janeiro), me falem qual é esta variedade de soja, pois acho que irei plantar 100% das minhas áreas com estas variedades. Essa soja que plantaram aguenta solos com cascalho e solos arenosos?

    2
    • NILO OTAVIO BAQUETAMAMBORÊ - PR

      Veranico de 20 dias em dezembro e 27 dias em janeiro e está produzindo 60 a 55 sacos por hectare??, eu devo estar no ramo de atividade errado... só pode!

      3
    • ADALBERTO JOSÉ MUNHOZCAMPO MOURÃO - PR

      Boa tarde também acho interessante que nenhum órgão da imprensa inclusive o NA esteve aqui na nossa região pra ver a realidade da safra vários bairros colhendo 20 a 25 sacas por hectare inclusive na Canarana 25 dias sem chuva choveu agora.

      3
    • VILSON AMBROZICHAPADINHA - MA

      Depois desta safra, eu , que estou plantando próximo ao semiárido nordestino, estou pensando que soja e mandacarú são da mesma família. (?!)... Tenho soja plantada em S. Domingos do Azeitão, no Maranhão, que pegou 70 mm de chuvas nos últimos 60 dias . Estava desanimado, porém com relatos recentes de veranicos idênticos e colheitas muito boas, volto a ter esperanças.

      1