Colheita de soja já foi encerrada em Lucas do Rio Verde/MT e produtividade fica entre 56/57 sacas

Publicado em 26/02/2019 11:45 e atualizado em 26/02/2019 19:26
611 exibições
Município mato-grossense também já finalizou trabalhos de plantio das safrinhas de milho e algodão. Preços baixos no mercado preocupam produtores locais.
Carlos Alberto Simon - Presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/MT

Podcast

Entrevista com Carlos Alberto Simon - Presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/ -Acompanhamento Safra de Soja e Milho

Download

LOGO nalogo

O município de Lucas do Rio Verde já encerrou as atividades de colheita da soja para esta safra 2018/19. Após passar por um novembro muito chuvoso e um dezembro seco, a região teve tempo bom em janeiro, o que possibilitou uma produtividade média na casa das 56/57 sacas por hectare, apenas de 2 a 3% menor do que a safra anterior.

“Em alguns lugares houve uma queda bem acentuada de produtividade com lavouras a baixo de 50 sacas por hectare. Agora para o final tiveram lavouras de até 60 sacas, então conseguiu minimizar um pouco, ficando uns 2 ou 3% a baixo do ano passado”, diz Carlos Alberto Simon, presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/MT.

Como os trabalhos de plantio das safrinha de milho e algodão também já se encerraram na localidade, os produtores se preocupam agora com o mercado para a venda dos produtos que, até o momento, não apresenta preços satisfatórios para as negociações.

“Tem bastante coisa para ser vendido e, infelizmente, o preço hoje está muito a baixo daquilo que se esperava. Aqui em Lucas do Rio Verde nós trabalhávamos com a soja na casa dos 18/19 dólares e hoje está em 16, um nível de 15% menor do que se esperava”, comenta Simon.

Veja a entrevista completa no vídeo.

Por Guilherme Dorigatti
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário