Balsas/MA já colheu 70% da soja e produtividade é prejudicada pela falta de chuvas de dezembro

Publicado em 27/03/2019 10:58 e atualizado em 27/03/2019 17:41
1111 exibições
Produtores estão colhendo entre 20 e 70 sacas por hectare e expectativa é de fechar na média de 40/50 sacas, quando a perspectiva inicial era de 60. Milho safrinha já foi totalmente semeado no município e boas chuvas animam os agricultores.
Valério Mattei - Produtor Rural de Balsas - MA

Podcast

Entrevista com Valério Mattei - Produtor Rural de Balsas - MA sobre o Acompanhamento de Safra da Soja

Download

LOGO nalogo

A região de Balsas no Maranhão sofreu com cerca de 30 dias sem chuvas entre dezembro e janeiro e agora vê os reflexos dessa seca nas lavouras de soja que estão sendo colhidas. A colheita já foi finalizada em cerca de 70% da área e as produtividades estão variando entre 20 e 70 sacas, com as primeiras áreas plantadas sofrendo mais do que as mais tardias.

“Não vai ser o que a gente esperava pelo o que prometia. Até dezembro a lavoura vinha um espetáculo, muito bonita, mas depois dos 30 dias de Sol ela sentiu muito e agora vai ficar bem a baixo do que a gente imaginava. A região nossa, se for tudo bem, faz 60 sacas de média, mas agora com certeza vai ficar bem a baixo disso”, conta Valério Mattei, produtor rural da Balsas/MA.

Com essa queda na produção e os preços de momento girando perto dos 68/70 reais, os produtores maranhense seguram as vendas da soja no aguardo de preços mais remuneradores. Segundo o produtor, com menos de 40 sacas por hectare esses preços não conseguem pagar os custos de produção da safra 2018/19.

Por outro lado, as perspectivas para a safrinha de milho são animadoras no município. Os plantios se encerraram no dia 10 de março e as boas chuvas que caem na região, somadas as previsões de precipitações dentro da média histórica para abril e maio, elevam a esperança de grandes produtividades para o cereal.

“O mercado interno está bem atraente, em torno de 38/40 reais, e a exportação em trono de R$ 27,50 e R$ 28,00. Não está ruim e você consegue pagar os custos e tocar mais um ano. Estávamos com uma expectativa muito boa para a soja, mas tivemos essa queda razoável na safra e o dinheiro do produtor vai ficar para o próximo ano. Talvez dê para equilibrar as contas (com as vendas da safrinha)”, diz Mattei.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Lavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério Mattei

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério Mattei

 

Lavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério MatteiLavouras de soja e milho em Balsas/MA - Valério Mattei

 

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário