HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Paraguai finaliza plantio da soja e se preocupa com falta de chuvas e taxação sobre os grãos

Publicado em 21/11/2019 10:49 e atualizado em 21/11/2019 13:52
1505 exibições
Precipitações seguem irregulares e mal distribuídas desde o início do plantio e produtores se preocupam com preços baixos para a venda dos grãos após transporte da soja ficar mais caro no país
Eno Michels - Presidente da APS

Podcast

Paraguai finaliza plantio da soja e se preocupa com falta de chuvas e taxação sobre os grãos

Download

LOGO nalogo

O plantio da safra de soja 2019/20 está praticamente encerrado no Paraguai. Os trabalhos foram prejudicados pela irregularidade das chuvas, que já retornaram, mas ainda não em volumes suficientes para recuperar toda a umidade do solo.

Segundo o presidente da APS (Associação dos Produtores de Soja, Oleaginosas e Cereais do Paraguai), Eno Michels, a tendência é que as regiões produtoras do país tenham boas chuvas neste resto de novembro e início de dezembro e possam atingir boas produtividades, se recuperando das perdas de 40% da última safra.

Já as negociações não estão favoráveis para os produtores paraguaios. Michels explica que a falta de chuvas prejudicou o nível do rio Paraguai, o que encareceu o transporte da produção do país.

Além disso, a recente mudança de governo na Argentina também liga um alerta aos produtores paraguaios. Isso porque, no último governo de Cristina Kirchner havia a cobrança de uma taxa sobre a soja do Paraguai que passava em território argentino, e agora existe a preocupação da volta da cobrança no governo Alberto Fernández.

Confira a entrevista completa com o presidente da APS no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário