Massa de ar quente é esperada para o Corn Belt entre 15 e 20 de julho e impede regularidade das chuvas

Publicado em 10/07/2020 11:05 e atualizado em 10/07/2020 16:48 1037 exibições
Matheus Pereira - Diretor da ARC Mercosul
Fenômeno aparece tanto no modelo americano, quanto no modelo europeu e, se confirmando, pode reduzir qualidade das lavouras de milho e soja nos EUA. A partir do dia 20, mapas voltam a divergir, com o modelo americano mostrando mais chuvas para o cinturão.

Podcast

Entrevista com Matheus Pereira - Diretor da ARC Mercosul sobre o Mercado da Soja

Download

 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário