Modelo de venda da cana em Orindiúva (SP) avança para premiar mais eficiência sobre um Consecana “falido e distorcido”

Publicado em 18/04/2018 10:39 2172 exibições
Roberto Cestari - Presidente da Oricana
Produtores concentram a logística na entidade, para baratear custos, e levam cana à Usina Moema com ganhos sobre menor teor de impurezas, por exemplo, mas sobre o ATR Consecana. Entidade pede revisão, para setor obter mais ganhos com tecnologia, que, aliás já se refletem em 12-13/t de ATR/ha, 87 t/h de produtividade, e 2,3/2,5 mi/t em 18/19.

Podcast

Safra de cana 18/19 com Roberto Cestari - Presidente da Oricana

Download

LOGO nalogo

Na região de Orindiúva/SP, os modelos de venda de cana-de-açúcar estão se modificando para ter uma produção mais eficiente e com qualidade. Contudo, os produtores estão concentrando a logística nas entidades para baixar os custos de produção.

De acordo com o Presidente da Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Orindiúva (Oricana), Roberto Cestari, a associação vem trabalhando ao longo desses anos para aperfeiçoar o Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo (Consecana). “Hoje, nós somos 116 produtores de cana na região e fazemos a centralização da logística, plantio e colheita da cana”, afirma.

Na época da criação do Consecana cerca de 60% a 70% da cana-de-açúcar que se entregava nas usinas era de fornecedores. Atualmente, esse percentual caiu para 25% a 30%. “Algo aconteceu para que tantos produtores deixassem de produzir. Antes a cana era totalmente colhida queima e o corte era manual, sendo que hoje é tudo mecanizado”, ressalta.

Ainda na visão da liderança, o Consecana é um sistema falido e distorcido em que a parte política não trabalhou quando era necessária. “Nós precisamos ter uma instituição justa na gestão profissional com boas empresas assessorando e auditando. Nós não podemos deixar de fazer esses ajustes no Consecana”, comenta.

No entanto, o presidente reforça que o setor precisa ter um sistema de remuneração da cana, sendo que a reforma do conselho prejudica principalmente os produtores independentes. ”Segundo um estudo da Orplana, identificou que tem uma defasagem na remuneração da cana ao produtor independente”, finaliza a liderança.

Confira também:

Raízen estaria deixando Consecana de lado e não comoditizaria mais preço da cana

Por:
Giovanni Lorenzon e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • dejair minotti jaboticabal - SP

    Boa noticia esta... depois que a Usina da região de Curuipe, sem cana própria (e talvez por isto) passou a operar fora do sistema Consecana, os grandes resolveram despertar depois de 15 anos..., sugestões técnicas eram feitas porem não aceitas pelo sistema Consecana e ficavam por isto mesmo... Informa o entrevistado que de 70% de fornecedores de cana, passaram para 25%, só que a produção continuo crescendo, sinal que em termos de produção os alijados do setor trilharam outro caminho, até virar empregado urbano... Os 25% no geral são grandes produtores e conversam direto com as unidades moedoras e chegam a um denominador comum..., médios e pequenos viraram massa de manobra politica... Parabéns à usina que abriu a picada para que míopes vissem o horizonte.

    2
    • carlo meloni sao paulo - SP

      A esquerda e' um virus que so' quer criar confusao e atrapalhar a produçao---

      1
    • dejair minotti jaboticabal - SP

      Não sei se o comentário de Carlos Meloni se refere ao meu..., estou de acordo com seu comentário, porém a direita burra não contribui em nada.

      1
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Prezado Dejair, a tao propalada direita não existe no Brasil, o que existe são alguns baluartes espalhados a esmo e sem nenhum ligação entre si---Ate' os capitans de industria se escondem como se sentissem culpa de algo--- Aqui a direita e' só uma ideia----Mesmo na Europa (França Itália Espanha) onde a população esta' cansadíssima da esquerda , não vota na direita simplesmente vota contra a esquerda----Então para concluir o meu comentário e' uma expressão genérica que desaprova e acha inviável a ideia de economia solidaria----Ante ontem faleceu Paul Singer inventor dessa ideia de economia solidaria que nunca conseguiu ir alem das cooperativas de reciclagem do lixo---Mesmo nos Kibutsim de Israel foi um enorme fracasso--

      2
    • dejair minotti jaboticabal - SP

      Caro Meloni,não sou esquerda como destes a entender, nunca concordei com Singer, não sou de direita, sou agrônomo e dou valor para atitudes inteligentes.Um bom Renovabio para você.

      0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Nao Dejair, !!!!! O seu comentário elogiava a eficiencia onde 25% substituiu os demais ineficientes-----Então para mim quem defende a eficiência não e' de esquerda portanto não achei o senhor alinhado com a esquerda---EU COSTUMO BRINCAR DIZENDO QUE QUEM VAI PARA ESQUERDA OU PARA A DIREITA NÃO VAI EM FRENTE---Não E' ???

      1