Com preços altos de açúcar e etanol nas última safras, expectativa é de queda no endividamento do setor sucroenergético

Publicado em 29/06/2022 16:31 e atualizado em 29/06/2022 17:18
Manoel Pereira de Queiroz - Superintendente de Agronegócio do Banco Alfa
Apesar da valorização na comercialização dos principais produtos das usinas brasileiras, os custos de produção estão bem mais altos, principalmente da temporada 2022/23, e o cenário reforça a necessidade de uma boa gestão por parte das unidades produtoras

Podcast

Em meio preços altos de açúcar e etanol nas última safras, expectativa é de queda no endividamento do setor sucroenergético

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário