Publicidade
HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Preços e previsão de clima animam e SC deve ter crescimento das safras de inverno

Publicado em 22/06/2021 10:32 441 exibições
João Rogério Alves - Analista de socioeconomia do epagri/cepa
Projeções da Epagri apontam mais área cultivada com trigo e aveia em 2021 e expectativa de mais produção para os grãos em relação ao ano passado. Previsão de inverno seco sustenta projeção de mais produtividade para as colheitas

Podcast

Preços e previsão de clima animam e SC deve ter crescimento das safras de inverno

Download

LOGO nalogo

Os trabalhos de plantio da safra de inverno 2021 estão avançando em Santa Catarina e as projeções são positivas tanto para um aumento de área cultivada quanto para incremento de produtividade e produção nas principais culturas da estação.

Segundo o analista de socioeconomia da Epagri/Cepa, João Rogério Alves, o trigo deve ter crescimento de 38% na área cultivada e chegar à 80.585 hectares, enquanto a aveia deverá crescer 13% ficando com 39.377 hectares, estimulados pelas boas condições de mercado e preços e para preparação de pastagens para os bois de corte e leite, respectivamente.

Publicidade

Por outro lado, a cevada deve registrar queda de 20% na área cultivada, ficando em 329 hectares no estado devido as dificuldades enfrentadas nos anos anteriores, em que as colheitas não obtiveram a qualidade desejada pela indústria cervejeira.

Outro dado animador está no aumento de produtividade e produção das três culturas em relação aos patamares obtidos em 2020. De acordo com a Epagri, o trigo deve ter produtividade 13% maior e produzir 276.158 toneladas (55% mais), a aveia pode ter produtividade 10% mais e produção de 53.697 toneladas (24% maior) e a cevada tende a ter produtividade 55% maior e produzir 1.638 toneladas (24% superior).

Para sustentar essas projeções, Alves se baseia nas previsões climáticas para os próximos três meses do inverno catarinense, que tende a ser mais seco e com chuvas espalhadas, ideal para o desenvolvimento dessas culturas.

Confira a íntegra da entrevista com o analista de socioeconomia da Epagri/Cepa no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti Borges
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário