FEIJÃO: Na bolsinha, oferta de 10.000 sacas com venda de 2.000

Publicado em 22/06/2012 17:28 1341 exibições
Feijão Carioca - Semana de menor volume de negócios e manutenção do nível de preços do feijão de melhor qualidade. O feijão nota 9 ou melhor em Goiás e Minas manteve ontem o nível de preço de no máximo R$185/190. Com a maior oferta de feijão nota 7 ou abaixo, que passou em secador do Paraná ajudou a segurar um pouco o mercado, uma vez que atinge a necessidade de marcas que não tem maiores exigências de qualidade. Com este abastecimento diminui a pressão sobre os poucos lotes de mercadoria de melhor qualidade. Já na semana que vem muitos operadores acreditam em um maior volume de negócios. Nesta madrugada houve oferta de aproximadamente 10.000 sacas com venda de 2.000 sacas. A referência na bolsinha ficou em: R$200 para nota 9,5, R$185 para 8,5 e R$175 para feijão nota 8.

Feijão Preto - O mês se aproxima do final e não aumentou a oferta de feijão da Argentina. Isto vai deixando os empacotadores que não têm estoque preocupados. Mesmo os que importaram da China nos últimos dias somente terão mercadoria no fim de Agosto. Com esta situaçao haverá pressão sobre os importadores que tem estoque, seja argentino, muito pouco, ou de chinês. Mercado estável em R$140/145.



Clique aqui para ampliar!
Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário