Valorização das commodities deve refletir nos custos de produção em MT

Publicado em 06/08/2012 15:15 408 exibições
Além dos problemas como a falta de commodities no país, os preços superaquecidos do milho e da soja trazem outra preocupação ao produtor. O aumento dos preços da soja, por exemplo, não surtirá grandes efeitos na safra 2011/2012 para o produtor, em razão de que praticamente 100% da safra já foi comercializada em Mato Grosso. Porém, conforme o setor, esse preços já estão influenciando no custo de produção da safra 12/13 no Estado. 

Segundo o produtor rural Antônio Galvan, esse cenário é ruim para o setor que já está pagando mais caro para plantar essa safra. “Você tem uma supervalorização em razão da alta nos preços e a escassez do produto, o que não garante um lucro maior no próximo ano”, pontua. 

Veja a notícia na íntegra no site da Folha do Estado
Tags:
Fonte:
Folha do Estado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • sebastião leme alves lima Rio Verde - GO

    o produtor não ganha com a evolução de preços nesta época porque a soja já esta na mão da industria ou das exportadoras. Quanto ao aumento de custos da produção esta relacionado às multinacionais que dominam até hoje o ramo de defensivos e adubos no Brasil o que é uma vergonha.

    0