Transgênicos: MT agregou mais 1,7 mi ha

Publicado em 18/03/2013 08:17
307 exibições
Além de seguir na liderança nacional em relação à adoção da tecnologia, Estado foi o que mais avançou nesta safra.
Mato Grosso é o estado que mais ampliou o uso de cultivares geneticamente modificadas, os chamados transgênicos, na safra 2012/13. De forma isolada, responderá pela maior variação individual, com crescimento de 1,7 milhão de hectares, quando comparado com o ano anterior. A segunda maior variação individual deve ocorrer em Goiás, onde foi projetado um incremento de 500 mil hectares com biotecnologia. Conforme a análise regionalizada dos dados do relatório sobre a situação global das culturas geneticamente modificadas da safra 2012/2013, elaborado pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA), Mato Grosso, maior produtor de grãos e fibras do Brasil agrega, por mais um ano, o título de maior adepto à transgenia. Conforme o estudo 9,6 milhões de hectares foram cultivados com esta tecnologia, o que representa 26,4% da área total com biotecnologia no Brasil, que deverá ocupar cerca de 36,55 milhões de hectares com soja, milho e algodão. No ano passado, Mato Grosso cobriu aproximadamente 7,9 milhões de hectares. No intervalo de um ano, a evolução relativa alcança expansão de 21,5%. Na segunda posição está o Paraná com 6,6 milhões de hectares (18,2% da área total com biotecnologia).

Veja a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá
Tags:
Fonte: Diário de Cuiabá

Nenhum comentário