Helicoverpa: Monitoramento de campo no Oeste da Bahia

Publicado em 17/12/2013 10:09 549 exibições

As equipes do Programa de Monitoramento de Pragas, coordenadas pela Abapa e Aiba, estão acompanhando as lavouras do Oeste da Bahia desde o dia 30 de outubro, quando Programa Fitossanitário da Bahia foi validado.  O objetivo é acompanhar o nível de infestação e as áreas críticas de incidência da Helicoverpa e do Bicudo.
 
São 14 técnicos que se dividem em 20 núcleos regionais, visitando as lavouras para identificar, antes do plantio, a existência de restos culturais durante o vazio sanitário; monitorando armadilhas e reunindo informações sobre coleta de mariposas (no caso da Helicoverpa). Toda semana é gerado um relatório com os dados coletados, o que auxilia no trabalho de combate as pragas. A partir de janeiro, o número de equipes será ampliado, dinamizando ainda mais o trabalho.
 
Paralelo a este trabalho, estão sendo realizadas reuniões com os produtores rurais para apresentação do Programa Fitossanitário da Bahia. Já foram realizadas reuniões em Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Rosário e Coaceral.

Tags:
Fonte:
Aiba

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário