Apenas 3,3% das áreas agrícolas brasileiras são arrendadas; organização alerta para uso mais eficiente da terra

Publicado em 04/07/2014 09:36 364 exibições

O último Censo Agropecuário brasileiro mostra que, das terras cultivadas no país, apenas 3,3% estavam sob contrato de arrendamento. Enquanto isso, a média de arrendamento das áreas agrícolas na Europa é de 33% e, nos EUA, 38%.

Esses dados chamaram a atenção do Climate Policy Iniciative (CPI) - organização internacional que trabalha no aprimoramento do uso da terra em diversos países – dando origem ao estudo “Aluguel de terras no Brasil: um mercado a ser explorado”.

Leia a íntegra no AgroOlhar

Tags:
Fonte:
AgroOlhar

0 comentário