Diante de possível redução dos estoques, algodão atinge nova máxima em 140 anos nesta sexta-feira em NY

Publicado em 08/11/2010 07:22
337 exibições
A preocupação de que a forte demanda da China pode reduzir os estoques mundiais de algodão fez a pluma bater na sexta-feira um novo recorde na bolsa de Nova York. O contrato para março encerrou o pregão a 138,11 centavos de dólar por libra-peso, alta de 145 pontos. Depois de uma onda de frio ter prejudicado parte das lavouras chinesas, o país pode precisar importar mais do que o previsto, reduzindo os estoques globais, que já estão previstos para serem mais apertados. As exportações dos Estados Unidos aumentaram e o clima adverso pode afetar a cultura também na Índia, o que agrava a condição de escassez. No mercado interno, as cotações da pluma voltaram a subir com força. No mercado de Lucas do Rio Verde (MT), a arroba fechou na sexta-feira em alta de 1,38%, a R$ 80,6, segundo o Imea/Famato.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário