Tradings podem importar algodão com tarifa zero, anuncia Camex

Publicado em 17/03/2011 09:42 564 exibições
A Câmara de Comércio Exterior (Camex), órgão do governo brasileiro, anunciou nesta quarta-feira (16) que foi aprovada a importação de algodão com tarifa zero também pelas tradings. Até agora a isenção, em vigor desde setembro do ano passado, valia apenas para indústrias têxteis.

A determinação da Camex vale para declarações de importação registradas até 31 de maio deste ano e contempla uma cota 250 mil toneladas, segundo a assessoria de imprensa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), ao qual o órgão é vinculado.

A Camex anunciou também a redução do imposto de importação de carvões para pilhas elétricas e do acetato de vinila de 12% para 2%. A decisão, segundo o órgão, ocorreu porque não há produção destes itens no Mercosul, bloco econômico que inclui Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. O acetato de vinila é usado na fabricação de tintas e fibras sintéticas.

O órgão informou ainda a aprovação de 253 ex-tarifários, ou seja, redução temporária do imposto de importação para 2% para bens de capital, de informática e de telecomunicações até 30 de junho do próximo ano.

Na outra mão, a Camex adotou decisão do Mercosul que aumenta o imposto de importação de pêssegos de 14% para 35% entre 01 de abril e 31 de dezembro deste ano “com o objetivo de resguardar o setor, que tem grande importância na geração de empregos no campo”.

Tags:
Fonte:
Agência de Notícias Brasil-Árabe

0 comentário