Com expectativa de redução na oferta, contratos futuros do boi gordo finalizam a sessão desta 3ª com ganhos na B3

Publicado em 19/05/2020 17:32 e atualizado em 20/05/2020 17:32 404 exibições
As referências registraram um avanço com a expectativa de redução da oferta de animais para o segundo semestre deste ano, já que as pesquisas apontam que podem ter uma queda de 30% na intenção de confinar.

LOGO nalogo

Os vencimentos futuros para o boi gordo finalizaram na sessão desta terça-feira (19) com valorizações na Bolsa Brasileira (B3). As referências registraram um avanço com a expectativa de redução da oferta de animais para o segundo semestre deste ano, já que as pesquisas apontam que podem ter uma queda de 30% na intenção de confinar.

Os principais contratos terminaram o dia em campo positivo, na qual o Maio/20 registrou uma alta de 0,85% e cotado a R$ 201,90/@. Já o Junho/20 finalizou o pregão com um avanço de 0,66% e terminou negociado a R$ 199,20/@.

 O vencimento Julho/20 registrou um ganho de 0,61% e está precificado a R$ 199,40/@. O contrato Outubro/20 está cotado a R$ 200,50/@ e teve um avanço de 0,65%.

O Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, sancionou nesta terça-feira (19) o projeto de lei que permite a antecipação de feriados municipais na cidade. O objetivo da proposta é de aumentar o isolamento social da população para impedir a disseminação do coronavírus.

A Bolsa Brasileira informou vai manter todas as suas atividades de registro, negociação, custódia compensação e liquidação de operações em horários regulares, nos dias 20/05/2020, 21/05/2020, 22/05/2020 e 25/05/2020.

Mercado físico

Já no mercado físico, as referências para a arroba do boi gordo registraram quedas em três praças acompanhadas pela a Scot Consultoria. Por outro lado, duas regiões tiveram valorizações nesta semana e as demais seguem estáveis frente aos dados acompanhados na última sexta-feira (15). “O consumo interno frouxo na primeira quinzena de maio, associado à maior oferta de boiadas por causa da transição chuva-seca, pressionou as cotações do boi gordo nas praças pecuárias onde as indústrias estão com escalas mais confortáveis”, destacou a Scot.

No aplicativo da AgroBrazil, ocorreu negócios na localidade de Bela Vista do Goiás/GO para o boi com padrão exportação de R$ 190,00/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data do abate para 27 de maio. Na região de Bonfinópolis/GO, o valor negociado para a arroba do boi china foi de R$ 190,00/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data do abate programada para 26 de maio.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o Analista de Mercado da Agrifatto, Yago Travagini Ferreira, destacou que as escalas de abate nos frigoríficos estão mais alongadas. “No estado de São Paulo, as programações estão ao redor de nove dias úteis e dependendo do município a arroba para o boi comum trabalha ao redor de R$ 195,00/@ a R$ 200,00/@. Já para o animal que atende o padrão exportação estamos falando de um patamar preço próximo de R$ 205,00/@”, relata.

De acordo com as informações da Informa Economics FNP, a maioria dos frigoríficos atuam de forma comedida, com programações de abate bem reguladas e limitando suas compras. “Ao mesmo tempo, a oferta de boiada gorda também é restrita, em função do período de entressafra. Com a fraca atuação de compradores e vendedores, as cotações da arroba operam sob volatilidade e os negócios são esparsos”, conforme divulgou a consultoria.

Em seu boletim matinal, a Radar Investimentos apontou que as vendas de carne após o final de semana do dia das mães também estão mais calmas entre ontem e nesta terça-feira. “Nós estamos vendo uma referência de 13,05/kg para a carne no atacado. Os negócios estão mais tímidos e os compradores tem força para pedir preços menores”, comentou o Sócio da Radar Investimentos, Douglas Coelho.

Confira a entrevista completa:

>> Desaceleração no ritmo de exportação da carne, queda do preço no atacado e aumento na oferta de animais podem pressionar @

Leia também:

>> Com pecuaristas cautelosos, confinamento no Mato Grosso pode ter queda de 31,71% em 2020

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta terça-feira:

>> BOI

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário