Antecipação dos feriados em São Paulo afeta negociações no mercado do boi

Publicado em 20/05/2020 17:21 190 exibições

LOGO nalogo

A antecipação dos feriados no estado de São Paulo acabou desestabilizando o mercado do boi gordo, alguns participantes ficaram cautelosos em negociar os animais para os próximos dias. O desempenho das vendas de carne do atacado e no varejo ainda é incerta, mas as expectativas são baixas diante da segunda quinzena do mês.

 De acordo com as informações da Consultoria Agrifatto, muitas entregas de carne no atacado foram canceladas ou adiadas até próxima semana. “Para evitar um acúmulo de estoques no atacado, o escoamento da carne está em ritmo lento e os compradores querem valores menores”, informou o analista da Agrifatto, Yago Travagini.

Atualmente, as referências em São Paulo para a carne no atacado estão próximas de  R$ 12,90/kg a R$ 12,60/kg, mas quedas nos preços podem que foi intensificada com o feriado. “Os preços sugeridos pelos compradores estão em torno de R$12,80 por quilo do boi castrado casado e R$12,40 por quilo do boi inteiro casado”, destacou Travagini.

A Informa Economics FNP ressaltou que o fechamento dos estabelecimentos comerciais de alimentação como medida de isolamento social, o cenário de baixo consumo de carne observado nos principais centros urbanos do Brasil ainda impõe certo receio no setor de bovinocultura de corte.

“Com a fraca atuação de compradores e vendedores, as cotações da arroba operam sob volatilidade e os negócios são esparsos. Em via contrária ao que se observa no mercado doméstico, o front internacional apresenta níveis consistentes”, relatou a Informa.

Em seu boletim matinal, a Radar Investimentos apontou que as escalas de abate estão em evolução no mercado paulista do boi gordo, seja para frigoríficos pequenos ou para aqueles de grande porte.

Mercado futuro

Os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta quarta-feira (20) com valorizações na Bolsa Brasileira.  O vencimento Maio/20 terminou o dia cotado a R$ 202,60/@ com um avanço de 0,35%, enquanto, o junho/20 registrou uma alta de 0,78% e está precificado a R$ 200,75/@.

Já o Julho/20 encerrou o dia com valorização de 0,50% e foi negociado a R$ 200,40/@. Por outro lado, o contrato Outubro/20 teve um recuo de 0,15% e está cotado a R$ 200,20/@.

O mercado futuro segue acompanhando o desempenho das exportações no mês de maio. As projeções preliminares da Agrifatto apontam o volume embarcado neste mês deve ser 150 e 160 mil toneladas. "A China continua com um déficit de proteína animal causado pelo o surto de Peste Suína Africana e também por ter suspendido os embarques de quatro plantas frigoríficas na Austrália", conclui Yago Travagini.

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta quarta-feira:

>> BOI

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário