Cotações futuras do boi gordo operam com volatilidade de 16% na Bolsa Brasileira

Publicado em 01/07/2020 17:16 557 exibições

LOGO nalogo

Nesta quarta-feira (01), os preços do boi gordo no mercado futuro encerram a sessão com desvalorizações na Bolsa Brasileira (B3). O vencimento de Julho/20 registrou um queda de 1,22% e está cotado a R$ 218,30/@. O Agosto/20 está precificado a R$ 214,80/@ e teve um recuo de 1,01%. Já o Outubro/20 encerrou o dia com uma perda de 1,09% e foi negociado a R$ 213,65/@.

De acordo com o Analista da Agrifatto Consultoria, Yago Travagini, o mercado futuro já operou com volatilidade de 21% em março, mas hoje está a 16%. “A solidez do mercado físico está dando sustentação para os preços futuros, apenas do recuo nas cotações os fundamentos não apontam uma queda tão brusca nos negócios”, comenta.

A Informa Economics FNP reportou uma semelhança dos primeiros dias da semana, o mercado físico do boi gordo seguiu operando com preços firmes, com registro de alta em algumas praças pecuárias. “As variações positivas são sustentadas pela restrição de oferta de animais prontos na maior parte do País, reflexo da chegada da entressafra do boi”, destaca.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, Analista da AgroAgility, Gustavo Figueiredo, informou que os preços para o boi china em São Paulo estão em torno de R$ 225,00/@ e o boi comum está ao redor de R$ 220,00/@. “Nós podemos falar que hoje que esse patamar de preços é referência para o estado de São Paulo em que as indústrias estão com as escalas curtas e com dificuldade em encontrar animais terminados”, comenta.

No aplicativo da AgroBrazil, ocorreu negócios para boi China na localidade de Frutal/MG ao redor de R$ 220,000/@, à prazo com trinta dias para pagar e com data para o abate em 06 de julho. Na região de Rancharia/SP, os participantes informaram negócios em torno de R$ 225,00/@ à prazo com oito dias para pagar e com data para o abate em 08 de julho.

A consultoria Agrifatto informou que as vendas no atacado seguem arrastadas. O impacto do aumento dos preços na última semana ainda mantém os compradores afastados. “O que tem pressionado a ponta vendedora que agora tem de lidar com adiamentos e descontos nas mercadorias. Entretanto, os preços continuam estáveis, com a carcaça casada bovina na faixa dos R$ 14,10/kg”, afirmou.

Confira como ficaram as cotações para o Boi Gordo nesta quarta-feira:

>> BOI

Tags:
Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário