Procafé: Fertirrigação em cafeeiros, via gotejamento, com pouca água, pode causar problemas

Publicado em 06/12/2017 12:06 e atualizado em 06/12/2017 14:55
804 exibições

Cafeeiros com folhas amareladas, com bordas queimadas, o que poderia ser isso. Parece, à primeira vista, deficiência grave de potássio e algumas folhas mostram, também, sintomas parecidos aos de deficiência de fósforo. Pergunta-se, então, se seria um estado de deficiência nutricional grave.

Depois de observados bem os sintomas, a forma de sua ocorrência, que foi generalizada, em todas as plantas do talhão, verificando os dados de análise de solo, que mostravam bons níveis de K e P  e, finalmente, averiguando o manejo que foi recentemente efetuado, concluiu-se que os  problemas  não estavam ligados a deficiências, portanto a resposta ao questionamento inicial foi negativa. 

Foi verificado que se tratava de um forte efeito de salinização, ou concentração de sais junto às raízes do cafeeiro, provocada  por aplicação de fertilizantes, via gotejo, com pouca água e com solo seco. Essa ocorrência esteve ligada à condição de estiagem em setembro/17 e à realização de uma aplicação de ureia e cloreto de potássio, em ferti-irrigação, sem a continuidade da irrigação e, ainda, sem presença de chuvas em seguida. Ambas seriam capazes de difundir e diluir, no solo, os fertilizantes aplicados, evitando a concentração de sais, os quais, translocados  para a parte aérea das plantas, acabaram provocando a queima de tecidos foliares.

As fotos mostram os sintomas observados e fica aqui o alerta, aos técnicos e produtores, para que tomem cuidado com o manejo da ferti-irrigação, a qual deve ser acompanhada, antes ou depois, do suprimento de água ao solo.

Uma vez determinada a causa e, assim, tomadas as medidas para solução do problema, voltando a irrigação adequada e retomando as chuvas, foi possível verificar que as folhas novas, crescidas em seguida, vieram normalmente, sem a queima anteriormente observada.

Procafé 001

J.B. Matiello – Eng Agr Fundação Procafé e J. R Dias e Lucas Franco – Engs Agrs Fazendas Sertãozinho

Tags:
Fonte: Procafé

Nenhum comentário