Café finaliza com baixas em Nova York e mercado físico acompanha alta do dólar

Publicado em 15/06/2020 16:47 526 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica finalizou o primeiro pregão desta semana com baixas de até 120 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Julho/20 finalizou com queda de 120 pontos, valendo 94 cents/lbp, setembro/20 teve queda de 110 pontos, valendo 95,90 cents/lbp, dezembro/20 teve queda de 115 pontos, negociado por 98,10 cents/lbp e março/21 encerrou com baixa de 115 pontos, valendo 100,35 cents/lbp.

Os preços do café estão sendo pressionados pela colheita da safra brasileira, em pleno acontecimento nas principais regiões produtoras do país. O tempo estável favorece o andamento da colheita e as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), mostram que não há possibilidade de chuvas nos próximos dias em todo o sudeste brasileiro. 

>>> Vento forte: Produtores amanhecem com grãos de café no chão no sul de Minas Gerais

Além disso, na última sexta-feira (12), o Deperamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estimou a produção global de café com recorde de 176,085 milhões de sacas de 60 quilos na safra 2020/21. O número mostra um incremento de 5,5% em comparação com a safra passada, 2019/20, indicada em 166,936 milhões de sacas.

>>> Café: USDA aponta produção global com recorde de 176,085 milhões de sacas

Já o mercado físico brasileiro finalizou com altas nas principais praças produtoras do país, acompanhando também a valorização do dólar, que finalizou a segunda-feira (15) com altas de mais de 2% e cotado a mais de R$ 5,00 na venda. 

O tipo 6 duro teve alta de 2,71% em Guaxupé/MG, valendo R$ 493,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 2,13%, negociado por R$ 480,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 485,00 e Araguarí/MG manteve o valor de R$ 490,00. Varginha/MG registrou queda de 1,14%, sendo negociado por R$ 435,00.

O tipo 4/5 teve valorização de 2,08% em Poços de Caldas/MG, negociado por R$ 490,00. Varginha/MG registrou baixa de 1,11%, valendo R$ 445,00 e Franca/SP manteve o valor de R$ 490,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,90%, valendo R$ 560,00 em Guaxupé/MG. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 1,79%, valendo R$ 570,00. Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 535,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário