Café: Mercado ainda é cauteloso, acompanhando chuvas e Covid nos EUA e Europa

Publicado em 04/11/2020 09:05 e atualizado em 04/11/2020 10:55 267 exibições
Arábica e conilon abriram com estabilidade no mercado futuro

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta quarta-feira (4) sem grandes variações na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 08h57 (horário de Brasília), dezembro/20 tinha queda de 10 pontos, valendo 103,45 cents/lbp, março/21 tinha baixa de 15 pontos, negociado por 105,90 cents/lbp, maio/21 subia 25 pontos, valendo 108,05 cents/lbp e julho/21 tinha alta de 15 pontos, valendo 109,65 cents/lbp. 

Segundo o analista de mercado Eduardo Carvalhaes, o mercado continua agindo com cautela, em compasso de espera, enquanto aguarda para saber o real impacto da estiagem nas principais regiões produtoras do Brasil. "Ninguém consegue enxergar com clareza a extensão dos estragos desta longa seca na produção brasileira de café em 2021(com reflexos também na safra 2022)", afirmou o analista na última análise.

Além da falta de chuva no Brasil, o setor cafeeiro também acompanha os reflexos para o mercado do café com a segunda onda de contaminação da Covid-19 na Europa e nos Estados Unidos. "Sem conseguirem enxergar o médio e longo prazo, os operadores só se interessam pelo curto prazo, pelo dia a dia das operações", comentou Carvalhaes. 

O café tipo conilon também abriu o dia próximo da estabilidade. Janeiro/21 abriu sem alterações, valendo US$ 1327, março/21 tinha queda de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 1338, maio/21 tinha alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1354 e julho/21 tinha alta de US$ 4 por tonelada, negociado por US$ 1374.

Mercado Interno - Última sessão

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,38% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 515,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 568,00. Patrocínio/MG manteve por R$ 540,00, Araguarí/MG manteve o valor de R$ 560,00 e Varginha/MG manteve a negociação por R$ 575,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 1,25% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 565,00. Guaxupé/MG manteve a cotaçõr por R$ 610,00, Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 590,00, Varginha/MG manteve por R$ 620,00 e Campos Gerais/MG manteve a estabilidade por R$ 608,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Leia Mais:

+ Café/Secex: receita com exportação em outubro aumenta 14,5%, para US$ 510,18 mi

+ Estiagem no café: CNA e FAEMG pedem suplementação da linha para recuperação de cafezais danificados

+ Semana Internacional do Café terá debate sobre o futuro e a importância da transparência ao longo da cadeia de valor do café

+ Caso de sucesso: produtora de café ganha nova ocupação em Campos Altos (MG)

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário