Estiagem leva ao reconhecimento de emergência em municípios de MG e BA

Publicado em 06/06/2014 08:14 286 exibições

O Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), reconheceu situação de emergência nos municípios baianos de Andaraí, Caetité, Euclides da Cunha, Guanambi, Jaguarari, Mirante, e Palmas do Monte Alto; e em 51 cidades do Estado de Minas Gerais (relação abaixo), conforme portaria publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (04.06).

Os reconhecimentos, motivados por seca ou estiagem, foram concedidos após análises dos Formulários de Informações de Desastres (Fide), enviados pelos respectivos municípios à Sedec.

Com essa nova publicação, Minas Gerais passa a contar com 142 municípios em situação de emergência, sendo alguns deles reconhecidos por mais de uma vez e por causas diferentes. Na Bahia, esse novo lote de municípios vai se somar aos 16 que já constavam na planilha nacional da Sedec. A maior parte das cidades baianas tem reconhecimento por motivo de chuvas intensas, enxurradas, inundações e deslizamentos.

Cidades com reconhecimento em Minas: Araçuaí; Arinos; Berilo; Berizal; Bocaiúva; Buenópolis; Buritizeiro; Cachoeira de Pajeú; Campo Azul; Capelinha; Catuti; Chapada Gaúcha; Corinto; Coronel Murta; Francisco Sá; Gameleiras; Glaucilândia; Grão Mogol; Guaraciama; Itacambira; Itambacuri; Jaíba; Janaúba; Japonvar; Jenipapo de Minas; Joaquim Felício; Lagoa dos Patos; Lassance; Manga; Medina; Mirabela; Monte Azul; Olhos D'Agua; Pai Pedro; Pintópolis; Pirapora; Ponto Chique; Ponto dos Volantes; Porteirinha; Riachinho, Rubelita; Santo Hipólito; São João do Pacuí; São João do Paraíso; São João da Ponte; São Romão; Serranópolis de Minas; Serro; Ubaí; Vargem Grande do Rio Pardo; e Várzea de Palma.

Tags:
Fonte:
Min. da Integração Nacional

0 comentário