Tempo: Sul do Brasil segue com instabilidades e frio neste início de semana; geadas podem ocorrer no RS e SC amanhã (24)

Publicado em 23/07/2018 10:43 e atualizado em 23/07/2018 18:39
2124 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (23) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (23) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Uma frente fria chegou ao Sul do país na última sexta-feira (20) e derrubou as temperaturas pela região, além de intensificar instabilidades. Com a condição, geadas estavam previstas para o final de semana em algumas localidades e já na terça-feira (24) há novo risco da condição.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o risco de geadas amanhã ocorre principalmente sobre o estado do Rio Grande do Sul, mas também pode ser registrado durante o dia em áreas da divisa com Santa Catarina. No entanto, a condição será de fraca a moderada intensidade.

O desenvolvimento da safra de inverno no Sul do país tem sido diferente nos três estados. As chuvas no Rio Grande do Sul têm beneficiado o trigo e arroz. Por outro lado, os estados de Santa Catarina e Paraná têm registrado menores volumes de chuva do que nas áreas mais ao extremo Sul do país.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (24/07 a 26/07) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (24/07 a 26/07) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

"A chuva no Rio Grande do Sul está proporcionando a elevação dos níveis de água das barragens, o que para os produtores de arroz será de suma importância, assim como será para os produtores de trigo e demais culturas de inverno, uma vez que os solos continuarão apresentando excelentes índices de umidade", noticiou a Climatempo.

Por outro lado, já existem algumas preocupações que o tempo adverso dos últimos dias atrapalhe o desenvolvimento das plantas. "Há relatos de que o tempo mais nublado e chuvoso das últimas semanas sobre o estado gaúcho, poderá acarretar reduções nos potenciais produtivos, já que reduz as taxas fotossintéticas da planta".

"Em Santa Catarina, apesar de que o sistema não leva chuvas ao estado, as condições ainda se mantêm favoráveis ao desenvolvimento das culturas de inverno. No Paraná, a ausência de chuva há algumas semanas, já compromete o potencial produtivo das lavouras de trigo", acrescentou a empresa meteorológica.

Veja o mapa das áreas com previsão de geadas nesta terça-feira em todo o Brasil:

Mapa das áreas com previsão de geadas nesta terça-feira em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Para os próximos dias, o tempo não deve apresentar muitas mudanças. Segundo Morgana Almeida, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, entre os dias 20 e 28 de julho, as condições devem ser mais úmidas para o Rio Grande do Sul até o Sul do Paraná. A faixa leste do país fica mais chuvosa, bem como o Norte do país.

Veja mais:
» Massa de ar frio vai derrubar temperaturas e provocar geadas no RS e Oeste de SC neste sábado

Ainda nesta segunda-feira (23), o Inmet alerta para a baixa umidade no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos três dias em todo o Brasil:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos três dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Trigo em Londrina (PR). Envio do Engenheiro Agrônomo Américo Maeoka.
Trigo em Londrina (PR). Envio do Engenheiro Agrônomo Américo Maeoka

Começo da floração da canola propriedade da família Schendel em Novo Machado (RS). Envio da família Schendel
Começo da floração da canola propriedade da família Schendel em Novo Machado (RS). Envio da família Schendel

Inicio do plantio de milho na propriedade de Marcos e Vinicius Sartori Chagas em Rio dos Índios (RS). Envio do Eng. Agrônomo Niomar J. Dalbosco
Inicio do plantio de milho na propriedade de Marcos e Vinicius Sartori Chagas em Rio dos Índios (RS). Envio do Eng. Agrônomo Niomar J. Dalbosco​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário