Tempo: Chuva aumenta sobre o Centro-Oeste com alerta de tempestade nesta 6ª; veja as áreas

Publicado em 25/01/2019 11:04 e atualizado em 28/01/2019 09:56
1886 exibições

​Imagem de satélite de todo o Brasil nesta sexta-feira (25) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta sexta-feira (25) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Instabilidades retornaram ao Brasil central nesta semana e provocam chuvas isoladas, confirmando as previsões dos principais institutos meteorológicos, apesar dos modelos ainda divergirem sobre a intensidade dos acumulados.

Nesta sexta-feira (25), chuvas ainda devem ocorrer em áreas da região Centro-Oeste do país, com alertas em algumas áreas. O retorno das precipitações nessa região ameniza as preocupações dos produtores que estão sem chuvas vários dias.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há alerta de tempestade nesta sexta em áreas do Mato Grosso do Sul e, no Sudeste, em São Paulo. Quase todo o estado da região Centro-Oeste do país tem aviso meteorológico.

"Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos", informou o instituto.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 6ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 6ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Leste Sul-Mato-Grossense, Campinas, Bauru/Araraquara/Piracicaba, Ribeirão Preto, Araçatuba/São José Do Rio Preto, Presidente Prudente/Marília/Assis, Sul E Sudoeste Sul-Mato-Grossense, Pantanal Sul-Mato-Grossense, Centro Norte Sul-Mato-Grossense

Ainda de acordo com o Inmet, apesar do alerta para áreas de Mato Grosso do Sul, o tempo fica encoberto e há possibilidade de pancadas de chuva isoladas sobre áreas do estado de Mato Grosso e Goiás. As máximas na região diminuem ao longo dos próximos dias.

As instabilidades na região Centro-Oeste, segundo a Climatempo, são favorecidas com um fluxo de umidade vindo da Amazônia. Nos próximos dias, ainda há previsão de chuvas em áreas do Centro-Oeste, no entanto, pode permanecer a condição de irregularidade.

"Durante todo o fim de semana, as áreas de instabilidade vão ganhar força sobre praticamente todas as áreas do Centro-Oeste do Brasil. Por isso, a previsão indica chuva frequente e volumosa para todas as áreas dos quatro estados da Região", noticiou a Climatempo.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (26/01 a 01/02) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (26/01 a 01/02) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Na véspera, os modelos ainda divergiam sobre as condições de chuva no Centro-Oeste brasileiro.  O modelo Cosmo apontava chuvas pouco volumosas para áreas de Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul. Enquanto que o GFS trazia uma condição um pouco mais úmida.

"O modelo GFS tem mantido as chuvas mais volumosas para áreas do Brasil, por conta de um córtice ciclônico com entrada rápida, conforme mostrava o modelo Cosmo no início da semana. De qualquer forma, essa chuva dura pouco", disse o meteorologista do Inmet, Mamedes Luiz Melo.

Leia mais:
» Tempo: Modelos divergem sobre retorno das chuvas ao Brasil central; MT será o estado com melhor distribuição nos próximos dias

Veja o mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil:

Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies) Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies) Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies)
Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies)

Já choveu de forma moderada em algumas localidades do Centro-Oeste, segundo dados do Inmet. Os cinco maiores acumulados ontem ocorreram em Sapezal (MT): 51,2 mm, Apiacas (MT): 35,0 mm, Nova Xavantina (MT): 32,6 mm, Alta Floresta (MT): 26,6 mm e Mineiros (GO): 52,4 mm.

Veja o mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Segundo o mapa de precipitação acumulada do Inmet, nos próximos sete dias, as chuvas mais volumosas no Centro-Oeste se concentram mais no Norte e Leste de Mato Grosso do Sul, Leste de Goiás e Norte de Mato Grosso, estado com maior regularidade nas precipitações.

Veja o mapa de previsão de precipitação acumulada do modelo Cosmo para os próximos 7 dias em todo o Brasil:

Mapa de previsão de precipitação acumulada do modelo Cosmo para os próximos 7 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsões do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês) apontam que, no período de 25 a 02 de fevereiro, as chuvas ficarão concentradas sobre a região Norte e, em menor intensidade, em áreas centrais do país.

De 02 de fevereiro até 10 de fevereiro, as chuvas seguirão sobre a região Norte, mas volta a secar em áreas mais centrais do país, como no Mato Grosso do Sul. Por outro lado, nesse mesmo período, as precipitações aumentam no Sul e em partes do Sudeste do Brasil.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 25 de janeiro até 10 de fevereiro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 25 de janeiro até 10 de fevereiro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Vagem de soja com 5 grãos em Abelardo Luz (SC). Envio de Ademir Fiorese Jr.
Vagem de soja com 5 grãos em Abelardo Luz (SC). Envio de Ademir Fiorese Jr.

Soja variedade BMX 58i60 Lança do produtor Daniel Rupollo em Sarandi (RS). Envio do consultor técnico Luciano Colombo
Soja variedade BMX 58i60 Lança do produtor Daniel Rupollo em Sarandi (RS). Envio do consultor técnico Luciano Colombo

Lavoura de Soja DM 54i52 ipro com bom desenvolvimento do produtor Marlon Bosetti, em Nova Boa Vista (RS). Envio de Tiago Colombo
Lavoura de Soja DM 54i52 ipro com bom desenvolvimento do produtor Marlon Bosetti, em Nova Boa Vista (RS). Envio de Tiago Colombo

Lavoura de soja DM 54i52 ipro do Produtor Marcio Luís Arnhold, em Novo Barreiro (RS). Envio do consultor técnico Fabiano Zeni
Lavoura de soja DM 54i52 ipro do Produtor Marcio Luís Arnhold, em Novo Barreiro (RS). Envio do consultor técnico Fabiano Zeni

Áreas de soja na região de Lagoa Vermelha (RS). Envio do Eng. Agr. Carlos R. Dellavalle Filho
Áreas de soja na região de Lagoa Vermelha (RS). Envio do Eng. Agr. Carlos R. Dellavalle Filho

Lavoura de soja na Fazenda Jaboticabal em Cel Vivida (PR). Envio de Helio de Carli
Lavoura de soja na Fazenda Jaboticabal em Cel Vivida (PR). Envio de Helio de Carli

Céu em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek
Céu em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por Jhonatas Simião
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário