Tempo: Massa de ar frio perde força e temperaturas sobem no Sul; PR tem risco de chuva forte

Publicado em 02/05/2019 11:05 e atualizado em 03/05/2019 10:05
979 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (02) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (02) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Uma massa de ar frio derrubou as temperaturas na região Sul e em parte do Sudeste nos últimos dias, inclusive com registros pontuais de geadas. A partir desta quinta-feira (02), no entanto, o tempo volta a esquentar e o estado do Paraná pode ter chuvas fortes ao longo do dia.

"Áreas de instabilidade continuam sobre grande parte do Sul do Brasil nesta quinta-feira (2), espalhando muita nebulosidade e provocando mais chuva. O fluxo de ventos que vem do Norte do país está reforçando a entrada de umidade na Região Sul", destacou a Climatempo.

Dentre os três estados da região Sul, o Paraná é o que tem previsão de tempo mais carregado, segundo a empresa meteorológica. Há risco de chuva forte em todo o estado. Também pode chover em áreas de Santa Catarina e no Rio Grande do Sul o tempo fica firme.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (03/05 a 05/05) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (03/05 a 05/05) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

A chuvas no Paraná devem contribuir para o desenvolvimento da safrinha de milho, já que a colheita da soja está completamente encerrada no estado. Segundo o Deral (Departamento de Economia Rural), 93% da 2ª safra de milho tem boa condição e foi totalmente plantada.

Apesar de registros pontuais de geadas na serra catarinense, o frio no Sul nos últimos dias não impactou a safra de milho no Paraná. Morgana Almeida, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, havia adiantado sobre a previsão de baixas temperaturas no Sul.

Nesta quarta-feira (1º), segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as menores temperaturas no Sul do país foram em Bagé (RS): 8,5°C, Bom Jardim da Serra (SC): 8,5°C, Santa Vitória do Palmar (RS): 9,3°C, Santana do Livramento (RS): 9,7°C e São Joaquim (SC): 10,3 °C.

Na madrugada de terça-feira (30), de acordo com a Climatempo, a temperatura mínima ficou em zero grau em Urupema e em Bom Jardim da Serra, na serra gaúcha. Geadas foram registradas em cidades como São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema e outras.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (02/05 a 05/05) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (02/05 a 05/05) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O modelo Cosmo do Inmet, com a precipitação acumulada para os próximos sete dias, aponta que chuvas volumosas devem ocorrer sobre áreas da região Sul, com destaque para o Paraná. Além do Sul, áreas do Centro-Oeste e Nordeste também devem receber altos acumulados.

"A faixa oeste do Sul do Brasil ainda terá tempo instável e mais pancadas de chuva nos próximos dias. O risco de temporais aumenta no sábado (4). Mesmo outras áreas da Região que terão sol forte, também podem esperar por pancadas de chuva no período da tarde", disse a Climatempo.

Enquanto as chuvas ocorrem mais ao Oeste do país, em locais mais ao Leste, incluindo partes do Nordeste e Sudeste, o tempo deve ficar mais firme. São esperadas precipitações com baixos acumulados e condição completamente seca em determinados locais, incluindo o sertão nordestino.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Nas últimas 24 horas, as precipitações mais volumosas em todo país ocorreram no Norte e Nordeste e em pontos do Brasil central e Sul. Os cinco maiores acumulados ocorreram em Eirunepé (AM): 95,8 mm, Jardim (MS): 87,2 mm, Cametá (PA): 75,9 mm, Dionísio Cerqueira (SC): 70,0 mm e Miranda (MS): 70,0 mm.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 02 até 10 de maio, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Centro-Norte do país, mas voltam isoladamente em áreas centrais e do Sul.

De 10 de maio até 18 de maio, as precipitações mais volumosas voltam a se concentrar sobre áreas mais ao extremo Norte e também no Nordeste do país. Na maior parte do Brasil, as chuvas ocorrem de forma muito isolada, quando não, passam por uma condição de tempo mais seco, como em localidades centrais.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 02 de maio até 18 de maio:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 02 de maio até 18 de maio - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Milho safrinha na Fazenda União em Bom Jesus (PI). Envio de Abel Pieta
Milho safrinha na Fazenda União em Bom Jesus (PI). Envio de Abel Pieta

Finalizando a colheita de soja na Fazenda União em Bom Jesus (PI). Envio de Abel Pieta
Finalizando a colheita de soja na Fazenda União em Bom Jesus (PI). Envio de Abel Pieta

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário