Temperaturas caem no Sudeste e Inmet tem novo alerta de geadas para Minas Gerais

Publicado em 27/05/2020 10:28 e atualizado em 27/05/2020 12:51 2630 exibições

LOGO nalogo

Confirmando as previsões dos últimos dias, as temperaturas caíram em parte do Centro-Sul do Brasil entre a madrugada e início da manhã desta quarta-feira (27). Dados coletados nas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Sul do Brasil, registraram temperaturas de 3,8ºC na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai, com minímas entre 4 e 8 graus nas demais regiões do estado. 

No Paraná, o frio foi ainda mais intenso e no município de General Carneiro foi registrado -1,3ºC. Nas demais áreas do estado, a temperatura ficou entre 1 e 2ºC. Houve também declínio no Mato Grosso do Sul, com destaque para o extremo sul do estado que teve miníma registrada entre 5,1 e 5,3ºC.

No Sudeste, foram registradas temperaturas negativas no sul de Minas Gerais, mais especificamente no município de Monte Verde/MG, com -,14ºC, em Maria da Fé a miníma foi registrada em -0,1ºC nas partes mais serranas da cidade, além disso foram registradas temperaturas de -0,4ºC em Campos do Jordão/SP.  Para a próxima madrugada, o Inmet emitiu um novo alerta de geadas para o sul de Minas Gerais. "Risco leve de perda de plantações. Temperatura mínima até 3ºC", afirma. 

Alerta Geadas Inmet MG - 2705
Áreas em destaque indicam onde geadas podem acontecer na próxima madrugada
Fonte: Inmet 

 

O meteorologista Heráclio Alves, do Inmet, até as 9h45 desta quarta-feira (27), o Instituto ainda não tinha conhecimento de relatos de geadas em nenhuma área. Em contrapartida, produtores de café do sul de Minas Gerais afirmam que geadas pontuais foram registradas nas primeiras horas da manhã. Segundo relatos enviados ao Notícias Agrícolas, foram registradas geadas em Cabo Verde/MG, Machado/MG e Campos Altos/MG. Não há informações de danos para o café nas regiões. 

Os dados das estações meteorológicas da Cooxupé indicam que no sul de Minas Gerais, a menor temperatura foi registrada em Guaxupé/MG, com 2,1ºC. Cabo Verde/MG teve miníma de 3º, Caconde registrou 2,8ºC e São José do Rio Pardo teve miníma de 4,1ºC. Veja os dados coletados pela Cooxupé: 

Temperaturas Cooxupé - 2705

A tendência é que as chuvas continuem baixas nas áreas do Sudeste nos próximos dias. De acordo com o meteorologista, os mapas apontam que a massa de ar frio avança com mais intensidade, sobretudo para o norte de São Paulo e extremo sul de Minas Gerais. Todo o Centro-Sul do país deve passar por um período de estiagem de, pelo menos, sete dias, segundo indica o modelo Cosmo.

>>> Paraná: Últimas chuvas dão alívio ao produtor, mas geadas preocupam a produção

As imagens de satélite do Inmet ilustram que o norte do país deve ficar com baixa nebulosidade nos próximos dias, sem indicação de chuvas, com céu claro e umidade relativa do ar entre 30 e 35%. As imagens ilustram a situação do Mato Grosso, Goiás e também áreas do Mato Grosso do Sul, além de áreas de Minas Gerais. 

Para as próximas 24 horas, o modelo Cosmo indica possibilidade de chuvas para áreas do Tocantins, Maranhão e Piauí, mas em volumes baixos. Entre quinta e sexta-feira (29), os volumes devem ser mais expressivos para áreas do Tocantins e Maranhão - com volumes entre 20 e 40 milímetros de precipitação. 

Veja a imagem de satálite do Inmet desta manhã: 

Imagens de Satélite - Inmet - 2705
Fonte: Inmet 

Importante lembrar que apesar da estação seca estar se aproximando, as previsões do Inmet realizadas no mês passado indicavam que no Nordeste os volumes devem ficar acima da climatologia. O mapas de previsão de anomalias das chuvas indicam o quanto irá chover acima ou abaixo para o período. Sendo assim, as previsões são válidas para o mês de maio, junho e julho. Os modelos apontam ainda que o sul do país pode continuar tendo irregularidades nas chuvas. Veja a matéria completa aqui

Veja o mapa de precipitação prevista para as próximas 93 horas em todo o Brasil:

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet
     

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário