Chuvas: Áreas de instabilidades ganham força e chuvas volumosas voltam acontecer no RS e SC

Publicado em 16/07/2020 10:00 e atualizado em 16/07/2020 11:05 1792 exibições

LOGO nalogo


A formação de uma frente fria vai aumentar as áreas de instabilidades no sul do país e as previsões indicam a volta das chuvas expressivas para o Rio Grande do Sul. A partir da tarde desta quinta-feira (16) as temperaturas também voltam a subir, minimizando as chances de geadas para a próxima madrugada em toda a região sul do Brasil.

O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), para as próximas 24 horas, indicam chuvas com volumes significativos para o Centro-Norte do Rio Grande do Sul. Segundo o modelo, são esperadas precipitações entre 20 e 70 milímetros, sendo o maior volume esperado para pontos da área norte do estado. 

De acordo com a Climatempo, a defesa civil do Rio Grande do Sul emitiu um alerta na tarde de ontem, 15, para 17 cidades gaúchas, por causa da possibilidade de inundações nas bacias dos rios Gravataí, Sinos, Caí e bacia do Taquari.  O aviso é válido para cidades de Alvorada, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo,  Porto Alegre, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, São Sebastião do Caí, Montenegro, Lajeado, Santa Tereza, Roca Sales, Estrela, Muçum e Encantado. "O alerta é justamente por causa das áreas de chuva forte que estão previstas para se formar sobre o Sul do Brasil no decorrer desta quinta-feira", afirma a Climatempo. 

As áreas de instabilidade também devem aumentar as condições de chuvas para Santa Catarina, com destaque para o extremo sul, onde os volumes devem ser mais expressivos - entre 20 e 30 mm. A tendência é que chova também na região central do estado, porém com volumes mais baixos. 

Os modelos apontam ainda que o sistema passará rápido pela região, sem força para avançar para as demais áreas do país. Para sexta-feira (17) continuam previstas chuvas nos mesmos volumes para Santa Catarina e Rio Grande do Sul, mas para o sábado, a previsão já indica tempo estável. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 1607
Fonte: Inmet 

 

Temperaturas mais elevadas 

A tendência é que as temperaturas voltem a subir em todo o sul do país ao longo das próximas 24 horas, diminuindo as chances de geadas para a próxima madrugada. O modelo de previsão de temperatura do Inmet, para as próximas 24 horas, indicam mínimas entre 10 e 12 graus para o Rio Grande do Su e Santa Catarina. Em algumas regiões o modelo indica mínimas entre 6 e 8. Já para o Paraná, as mínimas devem ficar entre 18 e 20 graus em todo o estado.

Também para sexta-feira (17) chamam atenção as temperaturas previstas para o Brasil Central. Segundo o Inmet, todo o Centro-Oeste deve ter máximas entre 32 e 34 graus. Vale lembrar que as previsões do Inmet para o inverno já indicavam um inverno com temperaturas mais altas para a região. 

Veja o mapa de previsão de temperatura para as próximas 93 horas em todo Brasil: 

Temperaturas - 93 horas - Inmet - 1607
Fonte: Inmet 

O Inmet emitiu um alerta laranja para o Mato Grosso, Goiás e parte do Tocantins, alertando sobre a umidade relativa do ar que tende a ficar baixa nesta quinta-feira (16), aumentando os riscos de incêndios. "Umidade relativa do ar variando entre 20% e 12%. Risco de incêndios florestais e à saúde", afirma o aviso que é válido até às 19h desta quinta.  

As condições mais secas favorecem os episódios de queimadas e para evitar prejuízos, o produtor precisa estar atento e adotar medidas preventivas para esse período do ano. >>> Clima: Seca favorece incêndios e são necessárias medidas preventivas nas fazendas

Veja o mapa indicando para quais áreas o alerta é válido: 

Aviso Laranja Inmet - Baixa Umidade - 1607
Fonte: Inmet 


Mato Dentro, interior de SP. Divisa Arthur Nogueira/Mogi Mirim/Eng Coelho. Foto: Rafael Olivi
Mato Dentro, interior de SP. Divisa Arthur Nogueira/Mogi Mirim/Eng Coelho. Foto: Rafael Olivi

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! 
Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use as hashtags #imangensdodia


 


 
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário