Criadores gaúchos reclamam do preço baixo pago pelos suínos

Publicado em 28/05/2012 11:32 349 exibições
A retomada das exportações para a Rússia seria uma alternativa de melhoria
 As exportações gaúchas de carne suína caíram 18% desde que  a Rússia suspendeu as compras no estado do Rio Grande do Sul, em meados de junho do ano passado .O cenário vem prejudicando os frigoríficos, entre eles a unidade da Cooperativa Aurora, que fica em Erechim, região norte do estado. Para o presidente da Cooperativa Aurora, não há clareza nas alegações das autoridades russas, que dizem haver desencontro de informações sobre a situação sanitária dos frigoríficos gaúchos. Ainda de acordo com o presidente da Cooperativa,Mário Lanznaster, o embargo prejudicou muito o estado, as agroindústrias e o país como um todo porque essas carnes que iam para a Rússia começaram a ser ofertadas no mercado interno.

Os reflexos da baixa causada pelo embargo são visíveis tambem no campo. Com a estiagem e a quebra na safra da soja e do milho no Rio Grande do Sul, o custo com a alimentação subiu para o produtor, e o os criadores acabam trabalhando no vermelho muitas vezes. 

  Um ponto positivo é que a Argentina anunciou que deve voltar a comprar carne suína do Brasil, o que, segundo a Associação dos Exportadores, pode ajudar na recuperação dos preços.

Com informações do Globo  Rural. 
Tags:
Por:
Thaís Jorge
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário