Sem referência estadual, laticínios de MT praticam preços diferenciados

Publicado em 26/09/2013 09:57
320 exibições

Sem uma referência no preço do leite, a diferença dos valores pagos ao produtor de Mato Grosso chega a 40% entre os laticínios do estado. De acordo com a Associação de Produtores de Leite (Aproleite-MT), a existência de um preço parâmetro seria um benefício mútuo para produtores e indústrias.

O diretor executivo da Aproleite-MT, Carlos Augusto Zanata, explica que a vantagem em se ter um preço mais semelhante é a competitividade entre as indústrias. “A referência de preço traria mais igualdade na compra do leite dos produtores. As indústrias iriam negociar a matéria prima com um preço mais próximo. Isso traria mais competitividade para o setor e todos ganhariam”.

Leia a íntegra no Agrodebate

Tags:
Fonte: Agrodebate

0 comentário