Suínos: Setor se mostra promissor e visa crescimento para 2016

Publicado em 29/09/2014 15:33 216 exibições

A situação para os suinocultores brasileiros se mostra bastante promissora. Com a crise de 2012 superada, a queda nos custos também ajuda na valorização do preço pago ao produtor - aqueles que continuaram na atividade, portanto, estão colhendo bons frutos.

Em Santa Catarina, o produtor integrado está recebendo, hoje, R$ 3,40/kg. O independente recebe R$ 4,30/kg. A recomendação de Losivânio de Lorenzi, presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos, é que os produtores mantenham seus planteis estáveis e invistam na melhora da produtividade. Em entrevista ao jornalista João Batista Olivi, ele destaca que a vantagem do produtor integrado em relação ao independente é que o produtor integrado possui uma estabilidade maior. "O independente consegue ter um valor melhor, mas tem que olhar seu bolso".

Com a atividade 100% automatizada, é possível melhorar a produtividade visando um crescimento para 2016. As perspectivas para o próximo ano são boas, mas o mercado precisa se manter equilibrado. Com isso, também há a esperança de uma política de sustentação de preços por parte do Governo Federal, podendo assim haver uma garantia real.

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário