Preços no mercado de suínos continuam subindo nas principais praças produtoras

Publicado em 09/07/2020 17:59 106 exibições

LOGO nalogo

O mercado de suínos continuou em movimento de recuperação de preços nesta quinta-feira (9), com destaque para os aumentos no setor da suinocultura independente. De acordo com análise da SAFRAS & Mercado, "a demanda externa permanece bastante aquecida para a carne suína brasileira, com projeções otimistas para todo o restante de 2020".

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou com preço estável em R$ 94/R$ 95, enquanto a carcaça especial teve aumento de 1,30%/1,25%, chegando a R$ 7,80/R$ 8,10 o quilo. 

No caso do suíno vivo, de acordo com informações do Cepea/Esalq, referentes à terça-feira (7), houve valorização na maiorias praças produtoras. No Paraná, o aumento foi de 1,13%, cotado em R$ 4,49/kg vivo, avanço de 1,41% em São Paulo, com preço de R$ 5,04/kg, e de 1,63% no Rio Grande do Sul, com valor de R$ 4,36/kg.

Em Santa Catarina, o aumento no preço do quilo do suíno vivo foi de 1,36%, atingindo R$ 4,48%, enquanto em Minas Gerais, o preço ficou estável em R$ 5,48/kg. 

Os preços do suíno no mercado independente iniciaram há algumas semanas uma movimentação de recuperação, e nesta quinta-feira (9), quando três Estados negociam os animais, o setor obteve aumentos substenciais na maioria das praças produtoras. 

>> Leia mais: Preços do suíno no mercado independente sobem nas principais praças produtoras

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário