Trigo RS: Com clima bom, área semeada avança de maneira significativa

Publicado em 20/06/2014 09:33 378 exibições

Trigo – Com o retorno do sol, foi possível avançar de maneira significativa na implantação da cultura. Neste último período, o percentual de área semeada pulou 17 pontos, alcançando 35% do total, contra 22% registrado na semana passada. Regiões importantes como Santa Rosa e Ijuí já alcançam 45%. O plantio, de maneira geral, mesmo com o recente aumento, está atrasado em relação ao mesmo período do ano anterior, assim como emrelação à média dos últimos anos, porém não impacta na projeção de safra até o momento.

Com a perspectiva de tempo seco e ensolarado até o próximo fim de semana, o plantio deverá ter um ritmo mais acelerado. As áreas implantadas mais cedo apresentam bom desenvolvimento, com as plantas apresentando bom aspecto e fitossanidade satisfatória, sendo que em algumas lavouras os produtores iniciam a aplicação de nitrogênio em cobertura, visando garantir boa produtividade. Em virtude das fortes chuvas ocorridas recentemente em algumas localidades, foi constatada a ocorrência de erosão em diversas lavouras, principalmente naquelas em que foi realizada lavração/gradagem. 

Os preços, nos municípios que têm cotação, foram praticados entre R$ 30,00 e R$ 34,00 a saca de 60 kg. Média geral do Estado é de R$ 31,69/sc. Diferença de -1,80% em relação à semana anterior 
 
Feijão - Aproximadamente 95% das lavouras da safrinha já foram colhidas. A produtividade vem surpreendendo, devido à tecnologia em que conduziram as lavouras e pela condição climática favorável, à exceção de algumas áreas que tiveram problemas na floração em razão do excesso de umidade. 
A comercialização nesse último período prossegue com lentidão, pois a oferta de grãos é maior do que a demanda, influenciada pelas importações de produto de outras origens. Os preços estabilizaram neste período, porém com baixa liquidez no mercado. 

No mercado, continua a tendência baixista com a saca de feijão no Estado. Novamente houve redução de preço na semana em 3,37% sobre a anterior, ficando a média da saca de 60 kg do feijão preto em R$ 114,55. 

Leia o boletim na íntegra no site Emater/RS

 

Tags:
Fonte:
Emater/RS

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário