AgrusData e Embratel anunciam parceria para o desenvolvimento de soluções conectadas para o agronegócio

Publicado em 15/05/2019 17:00
65 exibições
Plataforma de agricultura digital inteligente entregará recomendações para melhor tomada de decisão do produtor rural e empresário da agroindústria

A AgrusData e a Embratel anunciam parceria para o desenvolvimento de soluções conectadas para o agronegócio. O acordo une a experiência das companhias para lançar ao mercado produtos e serviços para modernizar o agronegócio brasileiro, com o uso de Inteligência Artificial, sensores, armazenamento em nuvem, machine learning, conectividade e painéis de controle. As Plataformas Agricultura Digital, Silos Conectados e Floresta Conectada proporcionarão ganhos de produtividade e redução de custos ao setor.

Ao combinar soluções de telecom e tecnologia da informação com aplicações de Internet das Coisas (Iot), big data e inteligência artificial específicas para o agro, a iniciativa simultaneamente amplia a conectividade no campo associada a uma plataforma inteligente de predição para melhor tomada de decisão do produtor rural e empresário da agroindústria, diz Herlon Oliveira, CEO da AgrusData, agtech sediada no InovaBra habitat, centro de coinovação vinculado ao Bradesco.

“A Embratel acompanha e investe no agronegócio brasileiro. Apenas para o segmento de grãos, a estimativa de produção nacional é de 235 milhões de toneladas na safra 2018/19”, explica Eduardo Polidoro, Diretor de Negócios de IoT da Embratel. “Acreditamos que a parceria com a AgrusData levará resultados importantes aos negócios e ao segmento no Brasil”, afirma, lembrando que as plataformas desenvolvidas são capazes de entregar insights valiosos aos produtores, com informações essenciais para a tomada de decisão nos negócios.

“A AgrusData investe em pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos digitais para o agronegócio. O acordo com a Embratel irá ampliar o acesso às soluções criadas, democratizando a tecnologia no campo”, afirma Oliveira, que acrescenta: “quando se tratam de soluções de agricultura digital, o que o cliente agro está disposto a comprar são predições, ou seja, conhecimento gerado a partir da coleta e análise de dados, que possa lhe entregar subsídios para decidir melhor”.

Segundo o CEO da AgrusData, o que, de fato, paga a conta dos serviços de agricultura digital é antecipar cenários/ocorrências e entregar recomendações, que resolvam problemas reais no agronegócio relacionados a corte de custos e ganhos de eficiência. “E é isso que esta parceria entrega.  O que o agricultor quer saber é o que a tecnologia da informação trará de retorno de investimento para ele.”

Soluções

Entre as soluções de destaque está a plataforma Agricultura Digital Embratel powered by Agrus Data. Hospedada em Data Center da Embratel, a oferta coleta dados relevantes como umidade do solo e do ar, temperatura e outras informações meteorológicas, com o uso de sensores instalados no campo. As informações são tratadas com o uso de Analytics, ajudando no controle das plantações e no diagnóstico de medidas corretas sobre irrigação e pulverização, por exemplo. Dessa forma, a tecnologia  propicia o aumento da produtividade e a redução de custos em culturas como soja, milho, algodão, café, entre outras.

“Hospedar os dados em Data Center no Brasil atende uma demanda crescente do agronegócio nacional por manter as informações em solo tupiniquim, principalmente por serem informações estratégicas e de segurança nacional”, afirma Polidoro, da Embratel. Os empresários do segmento buscam ter acesso completo aos dados coletados de suas máquinas e plantações com rapidez e segurança, ação possível por meio dos centros da Embratel.

A Plataforma de Silos Conectados Embratel powered by Agrus Data possibilita saber, em tempo real, qual o volume de grãos estocado em cada silo. A solução, também hospedada em nuvem, é uma inovação no mercado de armazenamento de grãos, hoje dependente do controle manual, com profissionais subindo até o topo dos silos para efetuar a análise. A nova plataforma fornece mais segurança a esse ambiente, automatizando o controle e impedindo que colaboradores sejam colocados em risco ao subirem dezenas de metros para analisar o armazenamento.

O segmento de silvicultura, focada no cultivo de florestas por meio do manejo agrícola para produzir madeiras e outros derivados,  também passa a ter disponível uma solução conectada. A Floresta Conectada Embratel powered by Agrus Data possibilita a gestão automatizada de ativos e o acompanhamento em tempo real da floresta, por meio de algoritmos, gerando redução de custos operacionais com a análise de dados coletados nas máquinas e plantações, e armazenados em Nuvem. A solução possibilita, por exemplo, o controle de uso de combustível em máquinas de colheita harvester (equipamento usado para corte da árvore, derrubada, desgalhamento, descascamento, traçamento e formação de pilhas de toras) e forwarder (máquina usada para remoção e transporte das toras).

Por: Ronaldo Luiz
Fonte: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário