MT começa a produzir álcool à base de milho em usina de cana-de-açúcar

Publicado em 12/03/2012 09:24 e atualizado em 12/03/2012 11:25 1034 exibições
O Estado do Mato Grosso agora possui usinas flex, capazes de produzirem etanol à base de milho e cana-de-açúcar. A novidade está sendo testada há mais de um ano no município de Campos de Júlio. Segundo informações do Globo Rural, somente nas últimas semanas foram produzidos 90 mil litros de etanol de milho.

Com o álcool a partir do cereal, as usinas que ficavam ociosas no período de entressafra da cana a custos muito altos, agora vão produzir por onze meses durante o ano.

Ainda de acordo com informações do Globo Rural, o investimento em novos equipamentos e adaptações foi de R$20 milhões, com parte das máquinas usadas para moagem e fermentação da cana sendo utilizadas para o milho.

De acordo com a usina, o custo para produção de um litro de etanol de cana fica por R$1,10, enquanto o etanol de milho é de R$1,23 e a estimativa é de moer cerca de 300 toneladas do cereal por dia.

Para o presidente da Aprosoja Brasil, Glauber Silveira, “Hoje, nós temos o milho mais barato do Brasil em Mato Grosso. Então, essa questão do etanol de milho é uma grande oportunidade. Ao invés de simplesmente exportar milho barato, você está produzindo álcool e agregando valor aqui dentro do Brasil”.

Produtores de milho do Estado pretendem ganhar mais pela saca do cereal mantendo-o dentro do MT. A usina pretende ainda fabricar álcool combustível a partir do sorgo.

Com informações Globo Rural

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário