Produtores de MT seguram venda do milho à espera de preços melhores

Publicado em 11/08/2014 08:11 656 exibições

Cerca de 90% da área plantada com milho safrinha, em Mato Grosso, já foi colhida, o problema é que os grãos estão parados nos armazéns à espera de melhores preços. Em algumas regiões, a saca está valendo menos de R$ 10.

Jadir Taffarel plantou 300 hectares, em Sinop, norte do estado. A área foi 20% menor do que a do ano passado, a colheita já terminou e o milho não deixou ainda a propriedade. Na região, a saca de 60 quilos está sendo negociada por R$ 9,50, preço que Jadir considera muito baixo, já que o custo de produção é de R$ 14.

Laércio Lenz planta em Sorriso, município vizinho. Ele vendeu até agora só 20% dos 600 hectares que colheu e como não tem silo, teve que alugar espaço em um armazém da região e a cada mês, paga R$ 0,30 por cada saca. Laércio prefere arcar com o custo extra e esperar uma reação do mercado ou vender para outras regiões do país. “Hoje nós temos que tirar nosso milho do estado por caminhões e o transporte rodoviário é o mais caro que existe. Isso faz com que o nosso milho perca competência com outras regiões do país”, conta.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

Leia também:

>> Preço do frete recua em plena safra de milho no Centro-Oeste

Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário