Milho: Pepro será realizado nesta 5ª feira e prêmios variam de R$ 3,60 a R$ 0,60

Publicado em 22/10/2014 11:10 e atualizado em 23/10/2014 04:34 565 exibições

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) reportou nesta quarta-feira (22) os valores dos prêmios para o próximo leilão de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) para o milho da safra 2013/14 e 2014. Na quinta operação, que será realizada na quinta-feira (23), a entidade irá ofertar 910 mil toneladas do cereal.

A região 1, Norte de Mato Grosso, ofertará 200 mil toneladas do grão, com prêmio de abertura de R$ 2,53. O valor está bem abaixo do registrado na última operação, de R$ 3,81. Já para a região 2, Centro Norte de MT, a oferta será de 80 mil toneladas, com prêmio de R$ 2,07. O número também é inferior ao divulgado para o leilão anterior, de R$ 3,30.

Para o Centro Sul de MT, região 3, a oferta será de 120 mil toneladas e o prêmio definido pela entidade ficou em R$ 1,62. Na última operação, o valor era de R$ 3,06. A região 4, Nordeste de MT,  serão ofertadas 150 mil toneladas, o valor do prêmio ficou em R$ 2,05, contra R$ 3,55 do leilão passado.

Do mesmo modo, o prêmio fixado para Goiás, recuou de R$ 1,57, para R$ 0,87. O estado deverá ofertar 90 mil toneladas de milho. Para o Norte de Mato Grosso do Sul, a oferta será de 70 mil toneladas, com prêmio de R$ 1,89. No último leilão, o estado não participou da operação e, na época, houve a inclusão do Tocantins.

Contrariamente, o prêmio fixado para a região Oeste da Bahia, subiu de R$ 3,09 para R$ 3,60. No total, serão ofertadas 70 mil toneladas de milho da região. Por outro lado, o valor do prêmio para o Sul do Maranhão, passou de R$ 3,09 para R$ 2,10. A localidade ofertará 65 mil toneladas do grão. 

A última região contemplada com a operação, o Sul do Piauí, o valor do prêmio reduziu expressivamente de R$ 2,10 para R$ 0,60. Serão ofertadas 65 mil toneladas de milho da localidade.

De acordo com o edital disponibilizado pela companhia, o produto in natura ou processado, no caso das indústrias de ração, deverá ser escoado para qualquer localidade. Exceto os estados que compõem a região Sul, Sudeste (Exceto o RJ, ES e norte de MG), Centro-Oeste, Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins.

Clique aqui e confira o edital na íntegra

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário