Milho na B3 abre a quarta-feira desvalorizado

Publicado em 15/04/2020 09:11 e atualizado em 15/04/2020 12:40 456 exibições
Chicago segue com leves quedas e novos fechamentos de usinas de etanol nos EUA

LOGO nalogo

Os preços futuros do milho abrem a quarta-feira (15) com quedas na bolsa brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas de até 2,00% por volta das 09h10 (horário de Brasília).

O vencimento maio/20 era cotado à R$ 46,01 com desvalorização de 2%, o julho/20 valia R$ 43,50 com baixa de 1,47%  e o setembro/20 era negociado por R$ 42,40 com queda de 1,07%.

Mercado Externo

A quarta-feira (15) começa com leves movimentações negativas para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam perdas de até 1,00 ponto por volta das 08h51 (horário de Brasília).

O vencimento maio/20 era cotado à US$ 3,25 com desvalorização de 1,00 ponto, o julho/20 valia US$ 3,31 com queda de 0,50 pontos, o setembro/20 era negociado por US$ 3,36 com baixa de 0,75 pontos e o dezembro/20 tinha valor de US$ 3,46 com perda de 0,50 pontos.

Segundo informações do site internacional Barchart, os futuros de milho nos Estados Unidos seguem mais baixos em meio às preocupações com a redução na demanda e, consequentemente, na produção de etanol de milho.

Na última terça-feira, a empresa Valero anunciou que mais 8 plantas de produção de etanol nos EUA ficarão inativas, com as outras 6 restantes funcionando com produção reduzida neste momento.

Relembre como fechou o mercado na última terça-feira:

>> Milho: desenvolvimento da safrinha e falta de necessidade de compras pressionam cotações no BR

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário