Milho: À espera de números do USDA, preços fecham a sexta-feira em alta na CBOT

Publicado em 01/11/2010 07:31 e atualizado em 01/11/2010 08:07
301 exibições
A especulação de que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) poderá reduzir novamente sua estimativa para a produção de milho do país fez com que a commodity fechasse em alta na sexta-feira na bolsa de Chicago. Os contratos para março fecharam a US$ 5,95 o bushel, alta de 3 centavos de dólar. "As expectativas são de que o USDA vai mostrar mais perdas no milho", disse à Bloomberg William Bayer, da PTI Securities. Uma produção mais baixa, diz ele, poderá ser um catalisador para o mercado de milho para os próximos um ou dois meses. Em sua última estimativa, o governo americano disse que a oferta vai cair para 321,68 milhões de toneladas, ante o recorde de 333,01 milhões de 2009/10. No mercado do Paraná, a saca de 60 quilos fechou em alta em R$ 19,35, de acordo com o Deral/Seab
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário