Kátia Abreu pede à Executiva do PMDB a não homologação da eleição do diretório regional em TO

Publicado em 17/10/2013 10:59 e atualizado em 17/10/2013 11:43
562 exibições
Documentos apresentados por Kátia Abreu mostram que no diretório foram eleitos membros que não são filiados a qualquer partido, contrariando frontalmente os Estatutos do PMDB

A senadora Kátia Abreu pediu nesta quarta, 16, a não homologação da eleição do Diretório Estadual do partido realizada na última sexta, dia 11. No requerimento, a Senadora pede ainda  a negativa do registro do novo diretório estadual. O pedido da Senadora se baseia nos Estatutos do partido que foram, conforme a parlamentar,  infringidos na eleição da semana passada.

Além do não cumprimento dos acordos feitos pelo presidente eleito com a Executiva nacional, na composição do diretório, ameaçando a legenda de desagregação, conforme a parlamentar,  a formação da chapa eleita contrariou os Estatutos do PMDB (artigo 8º), com a eleição, na convenção, de membros do diretório do presidente Junior Coimbra que sequer  eram filiados ao partido, como é o caso de Claudiomar Moreira de Jesus e Hélio Morais Junior que, segundo certidão do Tribunal Superior Eleitoral, não estão filiados a nenhum partido político. O documento foi anexado ao pedido.

O requerimento da Senadora foi protocolado no final da tarde desta quarta na Executiva Nacional do partido, com pedido de urgência na análise, para que sejam preservados os direitos dos peemedebistas.

Confira a íntegra do requerimento no link abaixo:

>> Requerimento - Senadora Kátia Abreu

Fonte: AI Senadora Kátia Abreu

Nenhum comentário