Dólar cai 1% ante real com extensão de programa de hedge cambial

Publicado em 05/12/2013 17:51 540 exibições

O dólar interrompeu nesta quinta-feira série de quatro altas e fechou em queda de mais de 1% ante o real, após o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, anunciar que o programa de intervenções diárias no câmbio será estendido com ajustes.

A moeda norte-americana recuou 1,24%, a R$ 2,3594 na venda, após atingir na mínima R$ 2,3539. É a maior queda para a divisa desde 18 de novembro, quando perdeu 2,30%. Segundo dados da BM&F, o volume de negociação foi de cerca de US$ 1,3 bilhão.

"Quando o BC disse que não vai sair do mercado, todo mundo assumiu que, já que vai ter oferta, não precisa se preocupar tanto com o câmbio", disse o economista-chefe do Espírito Santo Investment Bank, Jankiel Santos. "Esse movimento deve durar até o fim da sessão de hoje, mas a partir daí o fator internacional volta a ser predominante".

Tombini afirmou nesta quinta-feira que o programa de atuações diárias do BC no câmbio será estendido no futuro, "com alguns ajustes".

Atualmente, a autoridade monetária intervém nos mercados diariamente por meio de leilões de swap cambial tradicional --equivalentes à venda futura de dólar-- e ofertas de dólares com compromisso de recompra.

Como parte deste programa, o BC brasileiro vendeu mais cedo 10 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em 2 de junho de 2014. Contratos com vencimento em 5 de março também foram ofertados mas não foram vendidos. O volume financeiro da operação foi de US$ 495,9 milhões.

Leia matéria na íntegra no site da Reuters

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário