Trump e Xi não devem se encontrar antes de prazo das negociações comerciais, dizem autoridades

Publicado em 07/02/2019 15:10 e atualizado em 07/02/2019 17:26
281 exibições

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, não devem se encontrar antes do prazo de 1 de março estipulado para se alcançar um acordo comercial, disseram nesta quinta-feira duas autoridades do governo e uma fonte familiarizada com as negociações.

Os dois países estabeleceram uma trégua de 90 dias em sua guerra comercial para tentar buscar um acordo, e outra rodada de negociações está marcada para a próxima semana na China.

(Reportagem de Steve Holland e Jeff Mason)

Bolsas dos EUA despencam após CNBC dizer que encontro Trump-Xi Jinping é pouco provável

Os principais índices americanos tocaram as mínimas do dia nesta quinta-feira, gerando forte pressão vendedora nas ações industriais e de tecnologia, após a CNBC dizer que a esperada reunião entre os presidentes dos Estados Unidos e a China pode não acontecer antes de prazo para resolver as pendências comerciais entre os dois países, em 1 de março.

A Dow Jones Industrial Average caiu até 340 pontos, ou 1,3%, enquanto o S&P500 e o Nasdaq Composite perderam 1,3% e 1,5%, respectivamente. A matéria da CNBC, citando fontes a par da situação, afirma que o encontro entre Donald Trump e Xi Jinping é pouco factível, dada a distância de posições entre as equipes negociadoras dos dois países. Mais cedo, o assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, disse à mesma agência de notícias que a China e os EUA “ainda estão longe” de fechar um acordo comercial.

Leia a notícia na íntegra no site TC News

Fonte: Reuters

Nenhum comentário