Índice de Bolsas da Ásia sobe após ajuda à Irlanda, China cai

Publicado em 22/11/2010 07:09 143 exibições
As Bolsas de Valores da Ásia fecharam sem rumo definido nesta segunda-feira, com o índice regional registrando alta graças ao alívio gerado nos investidores pelo acordo da Irlanda com a UE (União Europeia) e FMI (Fundo Monetário Internacional) para proteger a estabilidade financeira europeia.

O acordo da UE e do FMI para um empréstimo à Irlanda deu aos investidores motivos para comprar alguns papéis que foram muito vendidos no início do mês.

O ânimo em torno da Irlanda ofuscou o aperto monetário chinês de sexta-feira, quando o país elevou o depósito compulsório dos bancos para nível recorde.

Às 7h34 (horário de Brasília), o índice MSCI que acompanha as Bolsas da região da Ásia-Pacífico, exceto Japão, exibia valorização de 0,79%, aos 465,68 pontos, com os investidores mais propensos a comprar papéis descontados do que acumular ações de bom desempenho recente.

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou em alta de 0,93%, para 10.115 pontos, máxima em cinco meses.

O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong fechou em queda de 0,35%, para 23.524 pontos. Em Xangai, o mercado recuou 0,15%, aos 2.884 pontos, enquanto em Taiwan a Bolsa subiu 0,83%, para 8.374 pontos.

Em Seul, o índice Kospi fechou em alta de 0,17%, para 1.944 pontos. A Bolsa de Sydney avançou 0,31%, para 4.643 pontos e Cingapura caiu 0,2%, para 3.190 pontos.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário