Fed alimenta temores do mercado e bolsas da Ásia caem

Publicado em 09/06/2011 08:39 112 exibições
A maior parte dos indicadores das bolsas da Ásia registrou retração nesta quinta-feira, reagindo à divulgação do Livro Bege, um relatório divulgado ontem pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), que traz uma avaliação sobre o desempenho da economia do país.

Segundo o documento, a atividade econômica continua crescendo, embora tenha sido notada desaceleração em quatro das 12 regiões avaliadas. Os consumidores, de acordo com o Fed, estão tendo que conviver com preços mais altos de alimentos e energia e com a escassez de peças automotivas após o terremoto de 11 de março no Japão, que prejudicou a produção das montadoras japonesas.

Na bolsa de Xangai, o Shanghai composite caiu 1,71%, para 2.703,34 pontos, enquanto em Hong Kong, o índice Hang Seng teve desvalorização de 0,23%, aos 22.609,80 pontos. As ações do Bank of China Contribuíram para o resultado negativo dessa sessão, ao recuar 1,26%.

As bolsas de Taipé e Seul acompanharam o movimento e também ficaram no vermelho. O índice Taiwan Taiex baixou 0,007%, para 9.000,94 pontos e o índice Kospi cedeu 0,57%, para 2.071,42 pontos. Destaque para as ações da Samsung, que recuou 1,37% neste pregão na bolsa sul-coreana.

As grandes exportadoras também registraram perdas no Japão, apesar do avanço de 0,19% no índice Nikkei 225, que fechou aos 9.467,15 pontos. Os papéis da Toyota caíram 0,61%, acompanhados pelos da Sony (-0,60%) e da Honda (-0,73%). Os papéis da Nintendo amargaram 4,55% de perda nesta sessão.

Na bolsa de Sydney, bancos e mineradoras sustentaram o S&P/ASX 200 em patamar positivo. O indicador fechou em alta de 0,28%, aos 4.549,60 pontos. As ações do Westpac subiram 1,21% e as do National Australia Bank, 0,83%. Já os papéis da BHP Billiton tiveram valorização de 0,37% e as da Rio Tinto, 0,24%.

Fonte:
Valor Online

0 comentário