CBOT: Após sessão volátil, grãos fecham o dia no vermelho

Publicado em 07/08/2012 18:09 1946 exibições
A volatilidade e a forte especulação no mercado internacional de grãos deve se manter até meados de setembro, segundo explicaram analistas de mercado. A indefinição climática nos Estados Unidos e a espera pelos novos números do USDA têm tirado a convicção do mercado e nesta terça-feira (7), não foi diferente. 

Os futuros da soja, do milho e do trigo operaram durante todo o dia com muita volatilidade na Bolsa de Chicago e acabaram fechando os negócios em território negativo. No milho e no trigo as baixas foram menos expressivas, já a oleaginosa perdeu mais de 20 pontos em importantes vencimentos. 

Depois de meses sendo castigadas pela seca total, as lavouras norte-americanas voltaram a receber algumas chuvas, as quais pressionaram o mercado. Entretanto, ainda não se tratam de chuvas suficientes para conter os danos causados pela estiagem. 

Além disso, novos mapas climáticos indicam mais chuvas para os próximos 10 a 16 dias em importantes regiões produtoras do Meio-Oeste, onde está localizado o cinturão produtor dos EUA. Porém, esses mapas são do modelo climático norte-americano, o qual não vem se mostrando muito preciso nos últimos meses. 

Paralelamente, o mercado atua mais na defensiva antes da divulgação do relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que acontece nesta sexta-feira. 

À espera desses novos números, os fundos acabam realizando lucros uma vez que acreditam em uma redução não tão expressiva da produtividade norte-americana, como explicou o operador de mesa da MPLB, Flávio Oliveira. Segundo Oliveira, isso deve ser visto principalmente no caso da soja, uma vez que a oleaginosa ainda sustenta algum potencial de recuperação nas próximas semanas caso o clima se configure de forma mais favorável. 

Veja como ficaram as cotações no fechamento desta terça-feira:



Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário