Safrinha de soja está repleta de ferrugem asiática em MT

Publicado em 18/08/2014 07:59 581 exibições
Depois de nota técnica da Aprosoja, que traz instruções ao produtor que optar pela prática, CDSV quer proibir cultivo

Mato Grosso deverá ser mais uma vez pioneiro nas discussões relativas à fitossanidade da lavoura e deverá impor uma nova ordem sobre as práticas de cultivo de soja, como fez em 2005, quando implantou o Vazio Sanitário, logo adotado por outros estados. Dessa vez, a tônica de uma reunião convocada pela Comissão de Defesa Sanitária e Vegetal (CDSV), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em Mato Grosso, pretende, por meio do debate científico, proibir o cultivo da soja como opção de segunda safra no Estado. Especialistas estarão reunidos na próxima segunda-feira (18), na Superintendência Federal de Agricultura do Mapa, em Várzea Grande.

Neste ano, a opção da oleaginosa como cultivo de segunda época ganhou espaço recorde de norte a sul de Mato Grosso e segundo as autoridades sanitárias a sojinha – como também é chamada a segunda safra – vem aumentando a pressão de pragas e doenças que geram cada vez mais custos e menor rendimento, como aponta o coordenador da CDSV e fiscal do Mapa no Estado, Wanderlei Dias Guerra.

Leia a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário