Paraguai: governo se posiciona contra imposto, mas deve aumentar IVA da soja para 10%

Publicado em 10/07/2017 10:26 841 exibições

Diante de pecuaristas, industriais e comerciantes, a ministra da Fazenda do Paraguai, Lea Giménez, reforçou sua postura de recusa ao imposto sobre a exportação de grãos durante a Expo Internacional da Indústria, Pecuária, Comércio e Serviços, realizada no país neste final de semana.

O presidente da Associação Rural do Paraguai (ARP), Luis Villasanti, informou que "ela reforçou a sua recusa à exportação. Disse que isso iria afundar o país".

De acordo com os dados, os empresários também aproveitaram o encontro para pedir à secretária do Estado a confirmação de uma mesa de diálogo. "Que deem participação para aqueles que vão terminar pagando", disse.

Diante deste requerimento, Giménez se comprometeu com o empresariado a realizar este diálogo diante de uma eventual mudança no cenário tributário.

O governo se opõe a um imposto sobre a exportação e planeja, como alternativa, elevar a taxa do IVA de 5% para 10% para a soja e equiparar as regras do imposto para a renda agropecuária (Iragro) com o imposto para a renda de atividades comerciais, industriais e serviços (Iracis).

Tradução: Izadora Pimenta

Tags:
Fonte:
ElAgro.com.py

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário