Açúcar opera com ganhos expressivos nesta tarde de 6ª nas bolsas de NY e Londres

Publicado em 15/10/2021 12:27 54 exibições
Mercado do adoçante tem suporte do petróleo e desvalorização do dólar sobre o real

Logotipo Notícias Agrícolas

As cotações futuras do açúcar operavam com alta expressiva nesta tarde de sexta-feira (15) nas bolsas de Nova York e Londres. O mercado do adoçante tem suporte do petróleo, além da desvalorização do dólar sobre o real.

Por volta das 12h20 (horário de Brasília), o açúcar bruto subia 0,87%, negociado a US$ 19,76 c/lb na Bolsa de Nova York. Enquanto que em Londres, o tipo branco registrava valorização de 0,99%, a US$ 518,00 a tonelada.

O mercado do adoçante volta a ter suporte da disparada do petróleo no cenário internacional nesta reta final da semana, com ganhos de mais de 1% para o óleo WTI e Brent, o que acaba impactando na decisão das usinas.

Ainda no financeiro, o adoçante também encontra supore na desvalorização de mais de 1% do dólar sobre o real. Uma moeda estrangeira mais baixa tende a desencorajar as exportações das commodities.

Além disso, segue atenção para as origens produtoras. A Índia registrou impactos na safra com chuvas volumosas. No Brasil, os impactos climáticos na safra 2021/22 seguem como principal preocupação do mercado externo.

O adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, sigla em inglês), em São Paulo, trouxe novos dados da safra 2021/22.

A produção de açúcar no Centro-Sul do Brasil na safra 2021/22 (abril-março) deve totalizar 33 milhões de toneladas, uma queda de 15,2% ante o ciclo anterior.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário