Vendas externas beneficiarão indústrias sucroalcooleiras mato-grossenses

Publicado em 15/09/2010 13:15
361 exibições
As indústrias sucroalcooleiras mato-grossenses podem se beneficiar da autorização concedida a 5 usinas brasileiras para exportar etanol de cana-de-açúcar aos Estados Unidos. As unidades do Estado serão contempladas porque poderão aumentar a participação no abastecimento do mercado interno. "Torcemos para que as indústrias de outros estados se destaquem na exportação para que as empresas de Mato Grosso tenham condições de enviar o produto para outras unidades da federação", afirma o diretor-executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso (Sindalcool), Jorge dos Santos.

De acordo com ele, as usinas mato-grossenses têm dificuldades nas exportações em razão da falta de logística. Conforme o sindicato, a produção de etanol em Mato Grosso, originado de 9 indústrias, será de 853,958 milhões de litros, sendo 240,203 milhões/l etanol anidro (que serve de mistura para a composição da gasolina) e 604,755 milhões de hidratado, usado para abastecer os veículos.

Entre as unidades que obtiveram o registro do governo americano reconhecendo seu produto como combustível renovável avançado, destaca-se a Usina Central Energética Vale do Sapucaí (CEVASA), controlada pela Cargill, e varias unidades da Copersucar. A autorização feito da Environmental Protection Agency (Agência de Proteção Ambiental -EPA, na sigla em inglês). O anúncio é parte da regulamentação final da lei que define o mandato de uso de biocombustíveis nos Estados Unidos (Renewable Fuel Standard, RFS2) e estabelece um consumo mínimo nos Estados Unidos 50 bilhões de litros de biocombustíveis este ano.
Fonte: Gazeta Digital

Nenhum comentário