CPI do BNDES - Surge a verdadeira história do enriquecimento da JBS

Publicado em 15/10/2019 12:50 e atualizado em 16/10/2019 09:13
17012 exibições
O relatório final da CPI do BNDES, de autoria do deputado Altineu Côrtes, do PL do Rio, não foi votado na tarde desta terça-feira. O presidente do colegiado, Vanderlei Macris, suspendeu a sessão assim que começou a ordem do dia no plenário da Câmara – pelo regimento, as comissões não podem funcionar nesse caso.
Renato Dias - Diretor Executivo do Blog Ranking dos Políticos

Podcast

CPI do BNDES - Surge a verdadeira história do enriquecimento da JBS

Download

LOGO nalogo

A CPI do BNDES votará o relatório final do deputado Altineu Cortês nesta terça-feira (15). No parecer, o parlamentar pede o indiciamento dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, além de outras 62 pessoas por supostos crimes cometidos em empréstimos realizados pelo banco durante as gestões petistas. 

Dentre as investigações da CPI, está o Porto de Mariel em Cuba, construído com financiamento disponibilizado pelo banco, além de empréstimos para os irmãos Batista, da JBS e executivos da Odebrecht.

Para Renato Dias, diretor do Blog Ranking dos Políticos, não há bons indícios de que o relatório seja aprovado pela comissão. Veja a entrevista na íntegra no vídeo acima.

“Existe grande movimento para não indiciar Lula, Dilma, irmãos Bastista, Marcelo Odebrecht” (em O Antagonista)

O presidente da CPI do BNDES, Vanderlei Macris, afirmou que “existe um grande movimento para que não haja o indiciamento de Lula, Dilma, irmãos Batista e Marcelo Odebrecht! Não podemos aceitar isso”.

“A luta será grande, mas faremos o q o povo espera: ABRIR A CAIXA PRETA!”

Hoje, a CPI do BNDES vota o relatório final de Altineu Cortês às 14h30.

Deputada quer indiciamento de Gleisi na CPI do BNDES

A deputada Paula Belmonte apresentou voto em separado para incluir Gleisi Hoffmann entre os indiciados da CPI do BNDES, diz O Globo.

A presidente do PT foi citada por delatores em casos envolvendo Odebrecht, JBS, OAS e Camargo Corrêa.

“O STF está extrapolando sua competência”, diz presidente da CPI do BNDES

O presidente da CPI do BNDES, Vanderlei Macris (PSDB), disse a O Antagonista que as quatro liminares de Celso de Mello para convocados pela comissão não serem obrigados a comparecer às audiências “extrapola” a competência do STF em relação ao Legislativo.

“Essa questão das liminares autorizadas pelo Supremo, elas na verdade acabam de alguma forma comprometendo os trabalhos de uma CPI da Câmara. Minha opinião é que o STF está extrapolando sua competência em relação ao Legislativo.”

E acrescentou: “Em função disso, apresentei uma emenda constitucional junto ao presidente da CPI de Brumadinho obrigando réus e investigados a comparecer à comissão. Vou à tribuna pedir celeridade na apresentação dessa emenda para preservar a independência legislativa.”

Glauber Braga invoca Lei de Abuso de Autoridade na CPI do BNDES

Na CPI do BNDES, Glauber Braga disse que os deputados precisam respeitar a Lei de Abuso de Autoridade e rejeitar o relatório de Altineu Cortês.

“A Câmara dos Deputados votou uma Lei de Abuso de Autoridade e, por essa lei, a solicitação de indiciamento sem provas de crimes que tenham sido cometidos [é considerado abuso]. Mesmo a lei ainda não tendo entrado em vigência, eu acho que as senhoras e os senhores tem o compromisso moral, tendo votado a favor dessa legislação, em aprovar matérias com lastro probatório.”

Para o psolista, no relatório ocorre “a repetição de indiciamento que foi realizado em matéria não acolhida pelo Judiciário. Não há lastro probatório”.

Votação de relatório da CPI do BNDES é suspensa

O relatório final da CPI do BNDES, de autoria do deputado Altineu Côrtes, do PL do Rio, não foi votado na tarde desta terça-feira.

O presidente do colegiado, Vanderlei Macris, suspendeu a sessão assim que começou a ordem do dia no plenário da Câmara – pelo regimento, as comissões não podem funcionar nesse caso.

Abaixo, veja o trecho de relatório final que cita a JBS:

Veja o relatório completo clicando aqui

Renato Dias disponibilizou uma lista com os nomes dos deputados que irão votar o relatório: 

Votação de relatório da CPI do BNDES é suspensa

 

Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • alberto antonio weiss schiffer Sorocaba - SP

    ...esses políticos de esquerda principalmente, PT, PSOL, PCdB, enfim comunistas assassinos, e também vários políticos de centro direita também assassinos devido a atos corruptos, merecem ser fuzilados para servir de exemplo.

    2
  • André Parreira

    esse frigorifico deferia chamar-se JBNDES...

    1
    • Leandro Conche Nova Mutum - MT

      Vai ser difícil o país ir para frente com esses parlamentares lixos da esquerda atrapalhando o tempo todo, eu até achava desnecessário, mas agora acho que só uma intervenção militar mesmo e fechamento do STF e Congresso para as coisas mudarem, infelizmente!!

      2