HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Emater/PR comenta mudança na data limite para plantio da soja no estado e alerta para risco maior para ferrugem asiática

Publicado em 18/11/2019 15:52 e atualizado em 19/11/2019 11:22
491 exibições
Produtor precisa ficar atento ao monitoramento de esporos da doença e não esquecer que data limite para o término da cultura, vazio sanitário e proibição de dois plantio de soja seguidos seguem valendo.
Edivan José Possamai - Gestor Estadual do Projeto Grãos da Emater/PR

Podcast

Emater/PR comenta mudança na data limite para plantio da soja no estado e alerta para risco maior para ferrugem asiática

Download

LOGO nalogo

No último dia 06 de novembro a Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) divulgou que, a partir desta safra 2019/20, os produtores do Paraná não vão ter mais uma data limite para a realização do plantio da soja no estado, que até o ano passado era o dia 31 de dezembro.

Segundo o gestor estadual do Projeto grãos da Emater/PR, Edivan José Possamai, essa alteração veio atender á uma demanda dos produtores do estado que pleiteavam a possibilidade de cultivar a soja safrinha e gostariam de se equiparar a outros estados, como Santa Catarina, onde o plantio era permitido até 10 de fevereiro.

Apesar da revogação do limite para o plantio, Possamai destaca que, no entanto, o produtor segue tendo até o dia 15 de maio como limite para colheita ou interrupção do ciclo da cultura, o vazio sanitário está mantido entre os dias 10 de junho e 10 setembro e os produtores paranaenses seguem impedidos de realizar o plantio de soja seguido de outro na mesma área, em um mesmo ano agrícola.

Na prática, a mudança permite que o plantio da safra verão se estenda em casos de dificuldades climáticas e que aqueles produtores que optem por cultivar milho ou feijão na primeira safra possam fazer uma safrinha de soja em seguida.

Diante disso, a recomendação é para que o produtor paranaense fique em alerta para o monitoramento do aparecimento da Ferrugem Asiática. A Emater possui 228 coletores espalhados pelo estado para identificar esporos da doença e as ações de prevenção devem ser tomadas assim que os primeiros sinais forem identificados na região.

Confira a entrevista completa com o gestor estadual do Projeto grãos da Emater/PR no vídeo.

Veja mais informações sobre o assunto:

>> Adapar retira data limite para o plantio da soja no Paraná

>> Paraná abre as portas para a ferrugem, alerta Aprosoja; portaria de Agencia é contestada pela Embrapa

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário